Está comprovado pelo IBGE, 2019 teve um “pibinho”

E o IBGE divulgou hoje o resultado do PIB – Produto Interno Bruto de 2019. O crescimento foi de 1,1%. Foi o desempenho mais fraco em 3 anos, com o resultado afetado principalmente pela perda de ritmo do consumo das famílias e dos investimentos privados. Em valores correntes, o PIB do ano passado totalizou R$ 7,3 trilhões em 2019.

Há algumas semanas o blog havia comentado que o PIB de 2019 seria um “pibinho”. Obviamente sobraram porradas contra o blogueiro.

É fato que o mercado anda mais otimista, mas também está claro que o ritmo da retomada é ainda a passos de tartaruga lerda.

O que comprova que só garganta não aquece a economia, no máximo, gritos acabam em rouquidão.

One thought on “Está comprovado pelo IBGE, 2019 teve um “pibinho”

  • 05/03/2020, 08:03 em 08:03
    Permalink

    Reproduzo aqui informações constantes no site O Antagonista. Ah a imprensa brasileira…..acreditar em quem?

    O resultado de 1,1% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 não foi “o pior dos últimos anos”, como divulgam opositores de Bolsonaro. Ao contrário, foi exatamente o mesmo de 2017 e de 2018. O crescimento nesses dois anos foi revisado pelo IBGE de 1,1% em novembro e dezembro do ano passado para 1,3%. Na prática, o produto interno cresceu igual. E o IBGE tem dois anos para eventual nova revisão.
    Mestre em economia, Ricardo Balistiero afirma ser “comum revisar” o PIB e são muitos dados para o retrato fiel: “Nosso país é enorme,” diz.
    Dia 8 de novembro de 2019, o IBGE disse que em 2017 o consumo das famílias, nos setores agropecuário e serviços tiveram resultado melhor.
    Na soma dos seis anos de governo Dilma (2011 a 2016), o PIB cresceu pífios 2,36%. Já de 2017 a 2019, o crescimento acumulado é 3,64%.

    Resposta

Deixe uma resposta para Genildo Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: