Ex-auditor da Publicano, tem bens confiscados

O delator da Operação Publicano e ex-auditor fiscal, Luiz Antônio de Souza, teve os bens confiscados. A decisão é um pedido do Ministério Público e pelo advogado do ex-auditor. Os bens incluem fazendas, terrenos, apartamentos e salas comerciais, que serão leiloados e vão retornar aos cofres públicos. A Operação investiga um esquema de corrupção no órgão.  O delator deve continuar preso, pois será interrogado no próximo dia 31 e 3 de abril. De acordo com a Secretaria Estadual da Fazenda, o valor desviado pelo esquema passa de R$ 2 bilhões. Caso o ex-auditor confirme  os fatos da investigação, deve ser posto em liberdade.

Deixe uma resposta