Ex-delegado da Receita, foragido da polícia, ainda recebe salário gordo do governo Richa

E o jornalista Alberto D’Angele, da RPC de Londrina, descobriu que o parceirão do governador Beto Richa nas corridas de carro, o ex-delegado da Receita Estadual de Londrina, Márcio de Albuquerque Lima, considerado foragido da Justiça, continua recebendo o gordo salário do governo. Em março, mesmo estando desaparecido e procurado pela polícia há mais de vinte dias,  foram depositados na conta dele R$ 27.528 de salário. (veja a matéria completa aqui)

Márcio Albuquerque de Lima é considerado o chefe da quadrilha que extorquia empresários no Paraná.

Deixe uma resposta