Ex-ministro Guido Mantega é alvo da delação premiada de Marcelo Odebrecht

Do Antagonista

A coluna Radar, da Veja, informa que Marcelo Odebrecht entregou o ex-ministro Guido Mantega em sua delação premiada. Segundo a revista, o empresário disse que recebeu de Mantega pedido para garantir a Dilma Rousseff o apoio da base aliada nas eleições de 2014.

PROS, PCdoB, PR e PP teriam recebido, cada um, sete milhões de reais da empreiteira, enquanto o PDT, quatro milhões de reais.

A operação teria ficado a cargo do ex-ministro Edinho Silva e de Alexandrino Alencar.

3 comentários em “Ex-ministro Guido Mantega é alvo da delação premiada de Marcelo Odebrecht

  • 23/01/2017, 12:21 em 12:21
    Permalink

    Se essa parte da delação for verdadeira, teremos mais um caso de trairagem. Quer dizer, o ex-ministro da Dilma pede dinheiro para aliados que viram aliados do PSDB e do Temer e votam no impeachment da presidente. E é a prova da falta de apetite de petista por dinheiro. O ex-ministro não pediu que o empresário entregasse R$ 1 milhão em dinheiro vivo para um amigo (como no caso do Temer cujo amigo “brimo” José Yunes recebeu essa quantia em seu escritório) ou para um cunhado (como no caso do Alckmin cujo cunhado foi premiado com R$ 1 milhão conforme delação já divulgada).

    Resposta
  • 23/01/2017, 18:20 em 18:20
    Permalink

    Tenho uma copia da delação no meu face onde o Juca vulgo Caju pegava pazadas de 400 milhões cada vez e outros tucanos e Pemedistas vorazes tambem e não vi nenhum petista ou foi falta de oculos.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: