Ex-secretário é condenado e desabafa: “não entendo mais nada”

O ex-secretário de Obras de Londrina na administração Barbosa Neto, Aguinaldo Rosa, foi condenado pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Londrina, Marcos José Vieira, por improbidade administrativa.

Na época, em 2009, rolou na cidade uma chuvarada daquelas e várias árvores caíram na pista que margeia o lago Igapó 2, impedindo o trânsito de pessoas. Como já havia a intenção de se criar uma ciclovia no Lago 2, Aguinaldo Rosa, conversou com a empresa Leão que forneceu 50 metros cúbicos de concreto que foram usados para a fabricação de tachões que foram colocados nas ruas que circulam o lago. O custo foi de R$ 11 mil. “Fiz isso porque era uma emergência. O local é muito usado pelos moradores daquela região e que estavam impedidos de circular por ali; havia galhos enormes rachados, que podiam cair em cima de alguém, era um perigo. Com a pista de ciclismo, resolvemos o problema, pois as pessoas passaram a usar a calçada externa, deixando de andar na rua”, disse Rosa. No entendimento do juiz, não havia urgência e, por isso, precisaria ser feita licitação.

Conforme Aguinaldo Rosa, na própria decisão do juiz, é colocado que não houve dolo, que o município não perdeu um real. “Eu não entendo mais nada, resolvemos um problema urgente, que até hoje gera benefícios para toda a comunidade. Os caras estão de brincadeira”, disse o ex-secretário que disse que irá recorrer.
Além de Rosa foram condenados a empresa Leão e um funcionário da prefeitura.

No caso de Rosa ele foi condenado a suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público por três anos e multa civil de R$ 34,6 mil.

4 comentários em “Ex-secretário é condenado e desabafa: “não entendo mais nada”

  • 11/02/2016, 12:18 em 12:18
    Permalink

    Ele sabia.
    Ele sempre soube.
    E sempre sabe o que quer.

    Resposta
  • 11/02/2016, 19:52 em 19:52
    Permalink

    Sabe muito esse cidadão. O dia que falar vai faltar papel higiênico para as pessoas que estiveram por perto.

    Resposta
  • 11/02/2016, 22:09 em 22:09
    Permalink

    Quem conhece o aguinaldo sabe de sua conduta séria, mesmo atrás da figura rude, temos um cidadão que gosta e respeita a cidade, li a sentença é o próprio juiz admitiu que não houve prejuízo ao erario, fique tranquilo a justiça será feita no tribunal

    Resposta
  • 12/02/2016, 07:25 em 07:25
    Permalink

    Paçoca apaque este povo do seu noticiario achamos que estavam todos mortos.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: