Ex-servidora da Acesf terá que devolver R$ 73,9 mil

A ex-servidora demitida da Acesf, Fabiana Contim Ferreira, teve bens bloqueados através de liminar. O Ministério Público pede que ela devolva R$73,9 mil aos cofres públicos – valor que seria o dobro do que ela desviou em 2015. Segundo o que foi apurado, a servidora ficava com o pagamento de guias de recolhimento emitidas pelo órgão e não dava baixa no sistema. Os desvios chegaram até R$ 36.977,76. Ela era concursada pela prefeitura e ocupava o cargo de agente de gestão pública.

Deixe uma resposta