5 thoughts on “Executivo da Odebrecht conta como foi a contribuição a Osmar Dias

  • 13/04/2017, 15:16 em 15:16
    Permalink

    Desde que o personagem não conte, ela não existiu né Osmar Dias?
    Reunião secreta não poderia ser delatada?

    Nunca recebi qualquer doação da Odebrecht. Não conheço e jamais tive contato com pessoas ligadas à o Odebrecht. Os recursos repassados pelo Diretório Nacional do PDT foram legalmente declarados e aprovados pelo TRE. Jamais autorizei, em toda a minha vida pública, pessoas a solicitar recursos em meu nome. Não conheço as razões da citação de meu nome, bem como o seu teor, mesmo que indiretamente, na referida citação do processo da Odebrecht.
    O que me importa neste momento é que tudo seja esclarecido e que minha honra seja preservada.

    Curitiba, 12 de Abril de 2017
    OSMAR DIAS

    Resposta
  • 13/04/2017, 15:20 em 15:20
    Permalink

    Fiquei emocionado. Ouvindo o executivo da Odebrecht, me pareceu estar ouvindo um querubim ou um serafim, já que não entendo muito de santos. O interessante é que a justiça quer saber se os R$ 500 mil foram entregues. Aí o abençoado diz que sim e que foi em dinheiro vivo. Eu gostaria de saber de onde vieram esses R$ 500 mil. Será que a Odebrecht também fabrica dinheiro? Alguém terá de dizer de onde saiu esse dinheiro, de qual banco, quem buscou, que gerente autorizou um saque tão alto, mostrar a filmagem desse cidadão. Já vi algumas horas gravadas das delações da equipe Odebrecht, mas, sinceramente, o que me parece é uma versão bem alinhavada por um grupo de bons advogados pra só ferrar político e beatificar empresário.

    Resposta
    • 14/04/2017, 12:23 em 12:23
      Permalink

      Santa,ingenua,de onde vem os 500 mil?Ora cara,só numa delatada aqui na publicano o delator mor entregou 20 milhões,fora o que está mucosado e o que dividiu com o governador .500 mil,que merreca.
      Aqui no Brasil deveria ser decapitado quem rouba só 500 mil.

      Resposta
  • 13/04/2017, 15:28 em 15:28
    Permalink

    Para o irmão vale Osmar? Codinome de Osmar – CAIM!!!!!!!!

    PETIÇÃO 6.830 (260)
    ORIGEM : PET – 6830 – SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

    PROCED.
    1. Trata-se de petição atuada com lastro no Termo de Depoimento n. 6 de Pedro Augusto Ribeiro Novis, o qual trata de “ irregularidades praticadas pelo grupo ODEBRECHT, especialmente na década de 1980 e início da década 90, durante a gestão dos então governadores Leonel Brizola (83/86 – contratos para a realização do Sambódromo e CIEPS), Paulo Maluf (80/82 – FEPASA, duplicação da Ferrovia Campinas/Santos e Usina Hidrelétrica de Nova Avanhandava), Álvaro Dias (87/90 – campanha com frustração na obtenção de obras) , Marcelo Miranda (87/90 – contratação de diversos trechos rodoviários no) […]

    E o Caim:
    http://www.gazetadopovo.com.br/politica/parana/delator-da-odebrecht-diz-que-combinou-doacao-ilegal-diretamente-com-osmar-dias-011qfsa23bk4olpkx8txl0y7n

    Resposta
  • 13/04/2017, 20:58 em 20:58
    Permalink

    “Sacanagem dessa Odebrecht”, o Caim certamente deve estar pensando. Na matemática da Odebrecht, um “Piloto” (R$ 2,5 milhões) vale cinco “Caim” (R$ 500 mil).

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: