Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço. O lema de Filipe Barros

E o vereador de Londrina Filipe

foto Câmara Vereadores

Barros (PRB), informa o portal Bonde, está processando cinco mulheres que o teriam difamado. Conforme o portal, as causas são diversas, mas o pedido é sempre o mesmo: indenização por danos morais. Uma das processadas também moveu um pleito contra o vereador, por uso indevido de imagem dela também nas redes sociais. 

Das cinco mulheres, apenas uma concordou em ter o nome divulgado pela reportagem: a professora Juliana Martins. Ela afirmou que tudo aquilo que o vereador usa em seu perfil público para combater, denegrir e humilhar seus oponentes ou aqueles de quem discorda, ele não aceita que seja feito contra si mesmo. “Uma pessoa pública que persegue opiniões pessoais de cidadãos comuns, especificamente cidadãs.”

“O que eu tenho visto de uns meses para cá é um grupo pequeno de pessoas que se utiliza ali de supostos crimes para me difamar. Eles não estão apenas me criticando, eles inventam, me caluniam. Ou seja, imputam a mim o cometimento de alguns crimes. Eles me xingam dos piores nomes possíveis. Fascista, homofóbico, isso é o mínimo que eles falam. E isso, como nós sabemos, tem um limite legal. Então, nesses casos, onde as pessoas ultrapassam os limites da lei, eu estou me socorrendo na Justiça para punir na forma da lei essas pessoas.” (leia mais)

9 thoughts on “Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço. O lema de Filipe Barros

  • 29/08/2017, 13:08 em 13:08
    Permalink

    Vereador que xinga trabalhador que luta por seus direitos, você vai perder!!! Vereador Barros, você precisa estudar mais, ler mais, ter melhores fontes de informação ou vai repetir sandices como a que acabei de ler na sua página no Facebook. Você escreveu lá: “Eles usam velha a máxima (sic) de Lênin: ‘Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é.”. Vereador, aposto que você nunca leu Lênin. Se disser que leu, então diga de qual obra de Lênin você tirou essa frase. Só falta o vereador afirmar que leu os livros de Lênin em russo…

    Resposta
    • 30/08/2017, 07:58 em 07:58
      Permalink

      O Barros é formado em direito pela Uel, se tem algo que o Direito exige é leitura. Um dos cursos mais respeitado e competitivo.
      Tente argumentar com fatos e com menos “achismo”.

      Resposta
      • 30/08/2017, 17:18 em 17:18
        Permalink

        Fato: Felipe Barros é um imbecil !!!

        Resposta
      • 30/08/2017, 17:50 em 17:50
        Permalink

        Alan, então peça pro seu chefe dar o nome do livro do Lênin onde ele leu a frase que citou. E pra ler, inclusive os livros de Lênin, não é preciso nem mesmo fazer curso superior. Aliás, muita gente que fez curso superior carece de cultura consistente. Muitos passam o curso inteiro lendo resenhas de livros divulgadas pela internet.

        Resposta
  • 29/08/2017, 14:16 em 14:16
    Permalink

    Merecia uma camaçada de pau esse vereador.,vai fazer buling com seus homens cara.

    Resposta
  • 29/08/2017, 17:21 em 17:21
    Permalink

    Parabéns Vereador! Ficou bem explicado na matéria que ele está processando quem imputou crime. Está certíssimo. Acusaram o vereador até de comprar votos e tentaram de todas as maneiras com q o nobre edil não assumisse, outro dia teve feminista cuspindo na cara dele. Agora terão q responder.
    Chamar de vagabundo é bem diferente de imputar um crime, e no mais, ele já levou sua pena, que essas pessoas tenham as suas também.

    Resposta
    • 31/08/2017, 13:52 em 13:52
      Permalink

      Mais um da claque do vereador. Vamos ver se a Justiça vai concordar com o vereador. Ou será que o vereador está fazendo marolinha para intimidar seus críticos? Especialmente as mulheres. Ou será coincidência o vereador só processar mulheres? Pelo jeito os homens não têm criticado o vereador ou a crítica deles não o incomoda. Já as mulheres… especialmente as feministas… Será que o vereador só gosta das mulheres recatadas e do lar? Igualzinho o Temer e meu tataravô… Eh eh eh

      Resposta
  • 29/08/2017, 22:46 em 22:46
    Permalink

    igual a este cara ja enterremos na politica um balaio

    Resposta
  • 30/08/2017, 07:27 em 07:27
    Permalink

    Vida política curta. Poderia ser uma nova opção, mas já está se queimando sozinho.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: