Foi quase! O quase Secretário da Cultura conversa com Belinati e pede pra sair

E o quase secretário de Cultura de Londrina, Aldo Moraes, já não é mais. Ontem, em conversa com o prefeito Marcelo Belinati, ele disse que, devido aos últimos acontecimentos – o blog aqui divulgou que ele tem uma pendência com a prefeitura relativa a projetos do Programa Municipal de Incentivo à Cultura – não poderia aceitar o cargo.

Agora Belinati busca um novo nome para a pasta.

17 thoughts on “Foi quase! O quase Secretário da Cultura conversa com Belinati e pede pra sair

  • 04/01/2017, 10:36 em 10:36
    Permalink

    Elza Correia está disponivel?
    Senão o Fabio Silveira!
    Tem o Lucindo na frente do Agnaldo Rosa.

    Resposta
  • 04/01/2017, 10:43 em 10:43
    Permalink

    Isto so vem demostrar que o governo meritocratico, não passa de balela, e o governo do Canziani e mais os aspones de Marcelo que pareçe um fantoche nas mãos desta gente….em uma semana o cara tem dois secretarios abatidos no primo voo. Para que serve a dupla dinamica prefeito.

    Resposta
  • 04/01/2017, 10:47 em 10:47
    Permalink

    Imagina . Ele esqueceu de prestar contas. Ufa Marcelo, ainda bem que não foi durante a gestão de futuro secretário. Ai não dá né.

    Resposta
  • 04/01/2017, 10:47 em 10:47
    Permalink

    Cultura significa todo aquele complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente em família, como também por fazer parte de uma sociedade da qual é membro

    Resposta
  • 04/01/2017, 11:15 em 11:15
    Permalink

    Marczak vai bem.
    O Madureira da Cultura.

    Resposta
  • 04/01/2017, 11:28 em 11:28
    Permalink

    Isso não é verdade. O Aldo Morais está a disposição para prestar esclarecimentos e comprovar que não deve. Enquanto isso, Deve-se parar de divulgar o que o Aldo não disse. Acaso alguém viu ou ouviu o próprio dizer que abriu mão da Secretaria de Cultura???

    Resposta
  • 04/01/2017, 11:51 em 11:51
    Permalink

    Política
    Folha de Londrina
    04/01/2017
    Condenado a devolver verba pública, músico desiste da Secretaria da Cultura

    Aldo Moraes declina de convite após vazamento de sua condenação por falha na prestação de contas do Promic; chefe de Gabinete diz que Marcelo Belinati não sabia do caso

    Resposta
  • 04/01/2017, 11:52 em 11:52
    Permalink

    Segundo a PGM, a prestação de contas foi reprovada, em parte, o que resultou em um débito de R$ 396.272,42, valor que corrigido até setembro de 2016 chega a R$ 530.898,01. Na sentença, o juiz anotou que Moraes foi “notificado pelo município para apresentar documentos faltantes ou para prestar esclarecimento a respeito dos gastos apurados. Todavia, as justificativas não foram suficientes para afastar o débito.” No processo, Moraes não apresentou defesa, ou seja, respondeu à revelia, presumindo-se, portanto, verdadeiras as alegações do Município. Ele também não recorreu ao Tribunal de Justiça (TJ) e o processo transitou em julgado, ou seja, não cabe mais recurso.

    Resposta
  • 04/01/2017, 12:55 em 12:55
    Permalink

    2:22Cai o segundo secretário anunciado por Marcelo Belinati
    Do Portal da Rádio Paiquerê de Londrina

    Aldo Moraes não será mais secretário da Cultura

    Aldo Moraes declinou do convite e não será mais o secretário municipal da Cultura. O prefeito Marcelo Belinati (PP) anunciou o nome no último domingo (1) durante a solenidade de posse do cargo. Na segunda-feira (2), Aldo participo da primeira reunião do primeiro escalão da prefeitura e atendeu a imprensa como titular da pasta, mas não chegou tomar posse oficialmente.

    O músico foi condenado em sentença proferida em 14 de setembro de 2015 pelo juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Emil Tomás Gonçalves e terá que devolver R$ 530 mil à Prefeitura de Londrina por falhas na prestação de contas de projetos culturais, que foram desenvolvidos entre 1998 e 2002 com verbas do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

    A ação alegou que ele captou recursos públicos autorizados pela Secretaria de Cultura para a realização de quatro projetos culturais, sendo o CD, Documentário e Clip Arte Brasilis, Ritmos Brasileiros na Rede e dois intitulados Caminhando. Com a prestação de contas reprovada, resultou em um débito de R$ 396.272,42, que posteriormente teve o valor corrigido para R$ 530.898,01. Moraes não apresentou defesa no processo. Com a decisão, Aldo é o segundo secretario que desistiu da Pasta. Antes o advogado ambientalista Camilo Vianna negou o convite para assumir o Ambiente, alegando incompatibilidade por ter prestado serviços para a empresa Kurica Ambiental, contrata pela Prefeitura em um contrato emergencial para coleta de lixo. *Com informações da Folha de Londrina

    Resposta
  • 04/01/2017, 14:58 em 14:58
    Permalink

    É isso aí ! Quem tem pendência ou tem que devolver dinheiro não deve mesmo participar do serviço público.
    É o caso também do pior prefeito da história de Cambé, João Pavinato, que teve a indicação de devolução de 19 milhões do contrato com o Instituto Atlântico e que ao saber disso, o Prefeito Belinati vetou a participação desse cidadão em sua equipe.
    Parabéns Marcelo Belinati, senti firmeza !

    Resposta
  • 04/01/2017, 17:30 em 17:30
    Permalink

    Tem um pretendente que me deve quase 200 mil e disse que só me pagara se for secretario ou se ganhar na mega sena . põe ele la de secretário por favor .porque na mega já espero desde 2002 .

    Resposta
  • 04/01/2017, 18:21 em 18:21
    Permalink

    Marcelo BELINATI, virou motivo de chacota…….tava tranquilo em Brasilia, veio para esta biboca e agora vai cascando os abacaxis, e o povo ja esta de saco cheio de politico veiaco agora será pau, a qualquer erro, e vejo que são muitos……

    Resposta
  • 04/01/2017, 18:23 em 18:23
    Permalink

    Tem mais um secretario que o gato ja subiu no telhado e outro do antigo patrão do Aldo, que nem dorme direito.

    Resposta
  • 04/01/2017, 20:03 em 20:03
    Permalink

    Vamos levantar se esse povo nomeado paga IPTU e demais impostos em dia.

    Resposta
  • 05/01/2017, 01:35 em 01:35
    Permalink

    Primeira pergunta é: por quê Aldo Moraes precisou incendiar a comunidade para efervescer seu nome? O movimento rendeu até campanha nas redes sociais e a circulação de listas de apoio, incluindo aqui alguns órgãos públicos! :0 A segunda é: por quê o prefeito ainda não nomeou o novo secretário/a? Tá esperando o quê?????

    Resposta
  • 05/01/2017, 10:15 em 10:15
    Permalink

    Bem, um já foi, mas tem mais para cair.
    Por falar nisso o novo gestor da FEL deveria vir a público se manifestar sobre o escândalo de corrupção que assolou a Confederação Brasileira de Taekwondo, que já resultou na prisão de um integrante e no afastamento de toda a diretoria por suspeitas de formação de quadrilha, peculato, desvios de verbas públicas e outros crimes. Por ser o gestor da pasta dos esporte em Londrina, é de bom alvitre que se manifeste para deixar claro à população que não tem nenhuma participação no esquema que está sendo investigado pela Polícia Federal e MP Federal. Afinal, diante de um caso desses, ficar calado pega muito mal, até porque ele era o Técnico da Seleção e os recursos desviados eram destinados ao fomento olímpico.

    Resposta
  • 09/03/2017, 18:56 em 18:56
    Permalink

    Continuamos aguardando uma resposta ao comentário acima (reproduzido aqui) “… o novo gestor da FEL deveria vir a público se manifestar sobre o escândalo de corrupção que assolou a Confederação Brasileira de Taekwondo, que já resultou na prisão de um integrante e no afastamento de toda a diretoria por suspeitas de formação de quadrilha, peculato, desvios de verbas públicas e outros crimes. Por ser o gestor da pasta dos esporte em Londrina, é de bom alvitre que se manifeste para deixar claro à população que não tem nenhuma participação no esquema que está sendo investigado pela Polícia Federal e MP Federal. Afinal, diante de um caso desses, ficar calado pega muito mal, até porque ele era o Técnico da Seleção e os recursos desviados eram destinados ao fomento olímpico.”

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: