7 comentários em “Francischini, Eduardo Bolsonaro e Barros, se você gosta…

  • 08/05/2018, 17:13 em 17:13
    Permalink

    O que estraga é o Felipe Barros

    Resposta
  • 08/05/2018, 20:10 em 20:10
    Permalink

    Alguém aqui já estudou a Idade Média? Então, esses três vieram de lá… É o atraso do atraso do atraso do atraso…

    Resposta
  • 08/05/2018, 23:37 em 23:37
    Permalink

    Oba! Então o filhão do Bolsonaro, candidato a presidente, vem a Londrina? Será que ele vai explicar as relações do milionário Paulo Guedes, banqueiro preferido do Bolsonaro pai e, certamente, do PSL, que é sócio de uma patota ligada ao esquema de doleiros presos na Operação Câmbio, Desligo? Se o Bolsonaro pai quiser manter a panca de honestão melhor meter o pé na bunda desse Paulo Guedes.

    Resposta
  • 08/05/2018, 23:41 em 23:41
    Permalink

    Olhem só a propaganda dos três marmanjos: “O Brasil implodiu. E agora?”. Pois é, o Brasil implodiu INCLUSIVE com a ajuda desses três golpistas. E agora eles vêm perguntar pra gente? Comédias!!! Kakakakakakakakaka

    Resposta
  • 09/05/2018, 20:40 em 20:40
    Permalink

    Esses três aí defendem para o Brasil o que o presidente Macri fez na Argentina: conservadorismo e liberalismo na economia. Resultado na Argentina: falência do país e pedido de socorro ao Fundo Monetário Internacional. Se o leitor do Paçoca quiser que o Brasil amanhã a Argentina de hoje, continue apoiando esses três, seu candidato a presidente e seu partidinho de entreguistas.

    Resposta
    • 11/05/2018, 10:01 em 10:01
      Permalink

      Convenhamos que o Macri pegou a Argentina bem arrebentada por causa da lambança dos Kirschner. Colocar a culpa da situação da Argentina nas costas do Macri é meio como dizer que a crise brasileira é culpa exclusiva do Temer.

      Resposta
  • 09/05/2018, 20:41 em 20:41
    Permalink

    Epa! … quiser que o Brasil de amanhã seja a Argentina de hoje. Ah! Todo mundo entendeu mesmo!…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: