Funcionário que soltou ratos no Plenário é exonerado

O funcionário que soltou ratos no Plenário da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) durante o depoimento do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, será exonerado. Ele soltou seis ratos e provocou muito tumulto. O funcionário foi identificado como Márcio Martins de Oliveira e está no gabinete da segunda vice-presidência, do deputado Giacobo (PR-PR).

Deixe uma resposta