Fundo partidário, é bom pra quem?

por Christian Schneider

Sou contra o fundo, mas ele existe e está gerando uma disfunção de competitividade monstruosa. Com o fim das doações de pessoa jurídica e o limite de 10% do declarado de rendimentos no IRPF do ano anterior.

Não há como internalizar os recursos necessários para fazer a campanha em volume suficiente para fazer frente aos candidatos que irão receber fundo eleitoral.

Em exemplo claro e objetivo: um candidato recebe um milhão de reais do fundo em sua campanha, para alguém que não recebe o fundo conseguir um milhão de reais para a sua campanha, ele terá que ter doadores que ao doar este montante tenham declarado juntos mais de 10 milhões de reais no ano anterior de IRPF.

Essa assimetria gera a perpetuação de quem hoje tem mandato pela falta de competitividade econômica dos novos candidatos, além de impedir as mudanças que a população deseja.

4 comentários em “Fundo partidário, é bom pra quem?

  • 17/07/2018, 16:53 em 16:53
    Permalink

    E Sr. Christian Schneider, ainda está mamando na Sercomtel, basta ver que ainda tem um diretor seu na Contact.

    Resposta
  • 18/07/2018, 22:32 em 22:32
    Permalink

    Esse é o cara: Christian Schneider ( ou Schindler ao contrário), é o sócio oculto, ( majoritário dos minoritários) que tenta se esconder atrás dos “acionistas minoritários” que querem comprar a Sercomtel e depois de algum tempo, vendê-la e ganhar muito dinheiro nesta negociata espúria.
    Christian já fez grande estrago na empresa qdo foi presidente, fazendo demissões inconstitucionais. Alias, seu partido o PSD, no qual é presidente, quer por que quer abertura de uma Comissão processante para cassar o mandato do Prefeito Marcelo Belinati. Não satisfeito (Chistian) e sob o manto protetor do PSD, entrou com mandato de segurança no Legislativo pedindo a revogação da Lei do IPTU. Quem responde e tem se apresentado pelos “sócios minoritários” é um tal de Keneese, que além de ser paraquedista ainda tem a petulância de ameaçar o prefeito estar PREVARICANDO em relação a Lei do Plebiscito. Christian e Keneese, seja de qual caverna vocês saíram, voltem pra lá.

    Resposta
  • 18/07/2018, 22:43 em 22:43
    Permalink

    José, o indivíduo tem olheiros fieis (beneficiado$ no último Plano de Cargo$ e Salário$, entendeu?), que além de trabalhar contra a empresa, estão lá para passar informações e atender ao grupo politico que não se conformou em perder o poder.

    Resposta
  • 19/07/2018, 16:08 em 16:08
    Permalink

    O duro que ninguém deu conta disso, a hora que der vai ser tarde em seu Kühl…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: