Gaeco indicia 55 donos de postos em Londrina

O Gaeco indiciou 55 empresários donos de 57 postos de combustíveis de Londrina. Eles são suspeitos de combinar preços para aumentar lucros, prejudicar os clientes e a livre concorrência.

5 thoughts on “Gaeco indicia 55 donos de postos em Londrina

  • 24/09/2016, 07:12 em 07:12
    Permalink

    É daí? Isso não vai dar em nada,como sempre.Nossa justiça é inócua,quando se trata de punir quem tem recursos.

    Resposta
  • 24/09/2016, 11:30 em 11:30
    Permalink

    Publica os nomes dos postos. Se a justica nao anda. A gente para de comprar neles uehhh…

    Resposta
  • 26/09/2016, 14:21 em 14:21
    Permalink

    Não acredito que o Gaeco tenha algum sucesso nessa questão. Eu particularmente se tivesse um posto praticaria o preço que o mercado local está praticando, até onde sei o preço e livre e funciona de acordo com a oferta e procura. Quem não concorda com os preços que vá abastecer em cidades vizinhas ou onde consiga um melhor preço. Acredito que vivemos em um país livre e na minha humilde opinião não e serviço deles interferir na iniciativa privada.

    Resposta
  • 26/09/2016, 14:59 em 14:59
    Permalink

    Estes comerciantes que fazem parte deste cartel, deveriam ser investigados pelas autoridades competentes como marginais, e não como empresários, eles combinam preços, compram álcool direto das usinas, ou de intermediários, colocam álcool na gasolina, e agua no álcool e também adulteram as bombas para entregar menos combustíveis,todos sabem que sem a proteção de órgãos fiscalizadores, isto não aconteceria, quando ocorre alguma blitz , eles são avisados com antecedência.A divulgação dos nomes dos postos envolvidos ajudariam a alertar os consumidores.

    Resposta
  • 28/09/2016, 16:50 em 16:50
    Permalink

    O Duro e engolir o Supermufatto e Carrefour, que fazem trambique com substituição tributaria, baixando o preço e se creditando no icm, cade os caras machos para baterem neste povo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: