Gaeco nas ruas de Ponta Grossa

O Núcleo de Ponta Grossa do Gaeco cumpre na manhã desta sexta-feira (19) dois mandados de busca e apreensão em investigação sobre possíveis crimes de peculato, supostamente praticados por ex-diretores-presidentes da Companhia de Habitação de Ponta Grossa (Prolar).

Deixe uma resposta