Governistas entram com ação no STF para impedir permanência de Calheiros na relatoria da CPI

do Correio Braziliense

Três senadores da base do governo ingressaram com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) solicitando que o senador Renan Calheiros seja afastado da relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19. A ação foi protocolada nesta quarta-feira (28/4).

O governo e seus apoiadores tentam todas as frentes para impedir o avanço da CPI. Interlocutores do Planalto pressionam parlamentares e criam estratégias para minar as investigações e jogar o foco do grupo para cima dos governadores e prefeitos.

Deixe uma resposta