Greca x Fruet, antecipando a campanha

Se há uma coisa tão antiga como a política é o fato de o político do dia colocar a culpa de tudo no político do dia anterior.

Li agora há pouco no Contraponto que o falante prefeito Rafael Greca ainda não esqueceu de seu antecessor, Gustavo Fruet, hoje deputado federal. Em ato de entrega de ônibus novos comprados pelas empresas concessionárias, o prefeito afirmou que encontrou uma frota sucateada por “decisão política” de Gustavo.

O ex-prefeito não gostou da acusação e foi ao Facebook nesta quarta-feira (13) para devolver a crítica. Escreveu:

O atual gestor de Curitiba, que garantiu que a cidade tenha a maior tarifa técnica do país, mais uma vez mente!

Acaba de afirmar, durante cerimônia de entrega de seis ônibus, que está renovando a frota que ficou sucateada por “decisão política” do seu antecessor.

Importante restabelecer a verdade:

1 – Durante nossa gestão, os empresários conseguiram uma decisão judicial que os desobrigava de renovar a frota.

2 – Para liberar a renovação da frota, o atual gestor da cidade fez um acordo com os empresários e os liberou de pagar R$ 50 milhões em multas, que foram aplicadas durante nossa gestão por descumprimento dos indicadores de qualidade.

Deixe uma resposta