Guilhotina sendo preparada

do Leandro Mazzini

O Palácio avisou que vai demitir de altos cargos dos ministérios apadrinhados dos deputados que votarem contra as reformas trabalhista e a da Previdência.

Socialista$ de Temer

O racha inusitado do PSB que colocou a executiva do partido contra as reformas da Previdência e Trabalhista deixou em situação delicada o ministro de Minas e Energia, o deputado Fernando Bezerra filho (PSB-PE). Cobrado pelo presidente Michel Temer na reunião com ministros na segunda, Bezerra filho acusou o deputado Tadeu Alencar (PSB-PE) de inflamar a bancada, e ainda citou que Alencar controla um dos principais cargos do ministério em Pernambuco. O ministro garantiu a Temer que tem votos de seis dos sete senadores do PSB, e de 17 de 33 deputados pelas reformas.

Na moita

Procurados, a assessoria do ministro não comentou o caso, e o deputado Tadeu Alencar não retornou as ligações.

Nova chance

O presidente Temer deu uma segunda chance ao ministro Bezerra filho, mas pediu empenho para que ele conquiste mais votos. Foi claro recado de que balança no cargo.

http://www.osul.com.br/colunistas/leandro-mazzini/

2 thoughts on “Guilhotina sendo preparada

  • 26/04/2017, 11:42 em 11:42
    Permalink

    Admiro a subserviência dos dois deputados londrinenses, Hauly e Alex Canziani, às ordens do Temer para votarem nos projetos de interesse do governo, digo, da elite brasileira. Hauly e Alex ontem votaram no projeto do governo que obrigava os estados a aumentarem a alíquota previdenciária paga pelo funcionalismo a, pelo menos, 14%. No Paraná, imagine o governador, que meteu a mão em toda a poupança acumulada para pagar aposentadorias durante anos, aumentar ainda mais a cobrança da previdência. Eu quero ver que professor ou funcionário público vai votar nesses dois deputados novamente. Só se forem completos idiotas…

    Resposta
  • 26/04/2017, 15:49 em 15:49
    Permalink

    No ritmo em que o apoio ao golpista Temer caminha, já já quem vai pra guilhotina é o pescoço do Michel 40 Milhões de Dólares Temer.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: