Heads nas cabeças

E a agência de publicidade Heads, de Curitiba, que sempre foi olhada com carinho e afeto pelo ex-ministro Paulo Bernardo e pela Senadora Gleisi Hoffmann, já é considerada a maior agência brasileira não vinculada a grupos estrangeiros de comunicação.

Conforme o colunista de O Globo, Lauro Jardim, a agência detém as contas da Petrobras, Claro, Sebrae,  Positivo, Caixa, Ampla, Andrade Gutierrez e Boticário.

Um comentário em “Heads nas cabeças

  • 24/11/2015, 15:49 em 15:49
    Permalink

    A Heads foi uma das agências contratadas durante os dois governos de Jaime Lerner. Consta, não tenho certeza que um dos sócios e genro do Lerner. Vou consultar o DataLibos e depois confirmo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: