‘Heterossexual está virando minoria’

Do Fábio Campana

O ministro do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha, criou polêmica ao dizer frase que muitos pensam e poucos têm coragem diante das patrulhas dos tempos atuais. Ao afirmar que o juiz não pode apenas ser pautado pelas minorias, ele emendou a dizer que os heterossexuais ‘não têm mais direito nenhum’ e que estão ‘virando minoria no Brasil’.
É claro que houve gritaria e por meio de nota ele teve que esclarecer que fez uma brincadeira. E ressaltou que foi o primeiro juiz a reconhecer a união homoafetiva e sempre respeitou os direitos das minorias.
Noronha aproveitou a palestra no seminário Independência e Ativismo Judicial: Desafios Atuais, para tratar também de um outro ponto frágil dos relacionamentos diante dos tribunais: o namoro. Para quem está solteiro, disse, é preciso ter ‘cuidado’ na hora de ir em frente em um namoro, ‘porque você pode ter amanhã vínculo jurídico que você não tinha desejado’, em alusão ao reconhecimento dos direitos de pessoas em união estável. ‘E se fizer declaração de que é só namorado, tem ministro, tem juiz, que diz que isso não vale. Que não expressa a vontade real’.

Deixe uma resposta