Histórias do Naym: A cesta de Verduras

1988, campanha eleitoral para prefeito de Londrina, Antonio Belinati iniciava reuniões em residências. Uma das primeiras foi na casa da dona Rosa, na Zona Norte, onde encontrou um bom numero de pessoas, discursou, apresentou propostas, cumprimentou a todos e na saída viu no quintal uma horta bem cuidada e comentou:

_ Dona Rosa, minha esposa Emilia adora verduras sem agrotóxico”.

-“Espera um pouco”, respondeu a anfitriã.

Em seguida a gentil senhora veio com uma enorme cesta com alface, cebolinha, couve, tomate e salsinha, dizendo:

  • Entrega para a Emilia em meu nome, por favor!” .

Agradeceu e seguiu para outra reunião na casa da dona Lourdes em outro extremo da cidade. Em lá chegando, carregando a cesta de verduras que ganhara; dona Lourdes viu e exclamou:

    • Que coisa mais linda.

Sensibilizado,  Belinati entregou a cesta dizendo que era para ela.

Nesta a dona Emilia, dançou!

*

4 comentários em “Histórias do Naym: A cesta de Verduras

  • 18/10/2017, 19:33 em 19:33
    Permalink

    Nessa epoca o Belinati ainda estava com a Emília ou já teria separado,por que fazia comícios com a esposa se dizendo marido não ex-marido;.O Naym sabe.

    Resposta
  • 18/10/2017, 20:21 em 20:21
    Permalink

    não foi nesta que ela dançou com o velhaco Tio Bila dançastes varias vezes…..até que o baile terminou, para ele naturalmente

    Resposta
  • 18/10/2017, 23:01 em 23:01
    Permalink

    Curinthiano, conta pra galera aonde foi parar o dinheiro. Que o tio Beligato ganhou com a venda das ações para a COPEL?

    Resposta
  • 19/10/2017, 08:33 em 08:33
    Permalink

    Um Belinati sempre enganando alguem.
    Novidade.
    Tentou por 20 anos enganar a Copel com a Sercomtel.
    Deu nisso.
    Roubaram o dinheiro das ações e ainda perderam a empresa.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: