HU com lotação de 200% no Pronto Socorro

Informa a assessoria do Hospital Universitário de Londrina que a ocupação do pronto socorro chegou a 200%, um recorde desde o dia em que o local foi fechado, na noite da última quarta. O fechamento tem sido prorrogado por causa da superlotação. Outro dado preocupante é o número de pacientes que aguardam uma vaga de UTI adulto para tratamento da Covid-19. Segundo o boletim informativo, 63 pessoas estão na fila.  (leia mais na Folha de Londrina)

5 thoughts on “HU com lotação de 200% no Pronto Socorro

  • 05/03/2021, 12:13 em 12:13
    Permalink

    Um ano atrás, quando estava começando a pandemia, o Governo do Estado e a prefeitura anunciaram que, se fosse o caso, abririam um hospital de campanha no HU.

    E agora ninguém fala mais nada.

    Como fica isso? Vai abrir ou não?

    Resposta
  • 05/03/2021, 12:17 em 12:17
    Permalink

    Se est´qa fechado, coo teve aumento de pacientes em 200%. Não entendi, nada.da

    Resposta
  • 05/03/2021, 14:54 em 14:54
    Permalink

    Pois é, mas a Jessicão não está nem um pouco preocupada com as vidas humanas perdidas, nem os que foram atrás da loucura dela, a unanimidade burra.
    Dois contra. Um não conta muito, é do Prefeito.
    A Lenir conta, foi coerente com o momento. Sabe das coisas. É engajada nas lutas sociais. Conhece o sofrimento e as necessidades humanas, é assistente social.
    Obrigada, Lenir de Assis.

    Resposta
  • 05/03/2021, 16:53 em 16:53
    Permalink

    ISTO DEMONSTRA O QUANTO A CULPA É MENOR DO BOLSONARO E MAIOR DO RATINHO, NESTE CASO.
    OS LEITOS EXIGEM , APENAS NÃO ESTÃO “HABILITADOS” ISTO É PALHAÇADA , HIPOCRISIA , GENOCIDA É O RATINHO E O BETO PRETO, QUE ESTÃO ESPERANDO AS PESSOAS MORREREM PARA “HABILITAR ” LEITOS

    Resposta
  • 06/03/2021, 13:19 em 13:19
    Permalink

    Ratinho e Beto Preto, ainda que timidamente, estão tomando medidas necessárias para conter a expansão do vírus, principalmente das novas cepas. Já o genocida do Planalto, bem…, esse aí continua no seu papel de aliado do vírus: combatendo lockdowns necessários decretados por prefeitos e governadores, promovendo aglomerações criminosas com intenções meramente eleitoreiras, criticando sem nenhum argumento científico o uso de máscaras e do isolamento social. O problema do Ratinho é que, até dias atrás, não passava de um membro do rebanho bolsonarista. O resultado está aí.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: