IPTU pra quê?

Por Odarlone Orente

Nos últimos dias a cidade da área urbana até o mais longínquo morador da área rural tem debatido sobre a Revisão da Planta Genérica de Valores que serve para adequar o valor venal dos imóveis da cidade e como base para o calculo e cobrança do IPTU ( Imposto Predial e Territorial Urbano) e este sobre a cobrança da taxa de lixo lançada neste ano.

Segundo o atual prefeito, faz necessária a revisão da Planta de Valores, devido que o Município há 16 anos não discute a revisão da planta genérica de valores, mesmo com o crescimento da cidade a valorização de algumas regiões e da demanda crescente de serviços públicos terem sido incrementadas e absorvidas pela administração municipal, nenhum dos 5 últimos prefeitos levou adiante este debate que permanece sendo importante para a manutenção dos serviços públicos, o ultimo prefeito  que e apesar da propalada técnica e eficiente gestão não teve a habilidade política de levar adiante o debate.

Outro motivo é que a prefeitura necessita de recursos financeiros para investimentos na cidade. No início das discussões o prefeito dizia que o processo seria transparente e com a participação da comunidade e que aumento não seria significativo, onde neste processo  faltou  habilidade politica e   visão social do que significa e para que serve o recolhimento deste imposto, que na verdade era propalado e propagandeado como a solução para a correção de distorções históricas e que ao final passou a penalizar aqueles cidadãos e cidadãs que mais precisam dos serviços públicos, e ao nosso ver IMPÔS A QUEM PRECISA, O CUSTO DO SERVIÇO E BENEFICIOU AQUELES QUE TERIAM MAIS CONDIÇOES DE CONTRIBUIR. O prefeito também não disponibilizou um simulador tanto para a Câmara de Vereadores, e nem  contribuintes,  para que pudesse ser dada transparência e  verificar o percentual de correção do IPTU de cada contribuinte . Todavia a Lei foi aprovada pelos vereadores a toque de caixa, e sem o devido debate publico. Entendemos que esse aumento é abusivo, que penalizou a classe trabalhadora, inclusive com a questão da isenção do IPTU, que afetou principalmente os idosos, porém, beneficiou aqueles que teriam condições de contribuir. Referente à TAXA DE LIXO DEVE SER LIMITADA A 20% DO VALOR DO IPTU por que aqui também se faz justiça social com a cobrança vinculada ao valor do IPTU, pois aquele que menos tem, pagará de forma proporcional ao imposto lançado em sua propriedade.  A revisão deverá ser pautada pela avaliação técnica e transparente, não só o georeferenciamento, mas também a abertura de concurso  e contratação de fiscais de carreira, para efetivamente conferir e individualizar cada um dos casos de lançamento e assim  levar em conta aCAPACIDADE CONTRIBUTIVA de cada munícipe, que se torne publico o numero de cadastros únicos existentes em condomínios horizontais e verticais, e que se faça a devida individualização e que se cobre retroativamente os últimos anos conforme a legislação permita e determine, e que finalmente após tudo isso, o lançamento possa ser realizado a partir do 4º mês do ano para que diminua o peso das contas de inicio de ano sobre os contribuintes e dessa forma possamos planejar as finanças municipais e diminuir a inadimplência.

Por tudo isso o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores é favorável a REVOGAÇÃO DA LEI QUE ALTEROU A PLANTA GENÉRICA DE VALORES, E QUE SE REALIZE UMA REVISÃO TÉCNICA TRANSPARENTE, CRITERIOSA E COM A PARTICIPAÇAO E ESCUTA DE TODOS OS CIDADÃOS E CIDADÃS.

Dr Odarlone Orente – Presidente do diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores – Londrina

11 comentários em “IPTU pra quê?

  • 27/02/2018, 16:37 em 16:37
    Permalink

    Olha quem saiu do limbo! O petismo do Nedson Micheleti, André Vargas, Gleisi e cia.
    Dr. Odarlone, toda vez que te vejo se manifestar lembro do seu ex-patrão, que te empregava no Congresso como assessor, o André Vargas. Por falar nisso como está o seu ex-patrão? Tem visitado ele na prisão?
    Então vamos lá, falar do IPTU.
    Se o ex-prefeito Nedson, do teu partido PT, tivesse tido a coragem e habilidade política, ou técnica, ou culhões, como queira chamar, ele sim teria naquela época estabelecido uma política séria, política de Estado, sobre a planta de valores, com os reajustes corretos em doses moderadas, menos doloridos que a overdose belinatista de hoje (tudo de uma vez só). Agora o PT falar de habilidade política chega a ser cômico? A última passagem do PT pela prefeitura foi de uma habilidade extraordinária, os servidores da prefeitura que o digam, sem falar do sucateamento da cidade, da buraqueira, sequer capinar mato o petismo deu conta! Vimos muito bem a “habilidade” que o PT teve no governo federal, na Petrobrás, na Caixa, nos Correios, na Eletrobrás, e em muitos outros cantos..
    E, se o teu partido tivesse deixado a birra de lado e seguido com aquele bom projeto do Orçamento Participativo do Cheida, feito a tarefa de casa, Londrina não teria que passar pelo que está passando hoje. Aliás o que aconteceu contigo na eleição? Votação pífia, conseguiu fazer menos que a Marcia Lopes. Ou será que os petistas votaram direto no Belinatismo?? Há que ser pensado isso..
    Então caro Dr. Odarlone, menos, beemm menos quando for tratar de ex-prefeitos e do atual, porque muito do que tem acontecido hoje é culpa em parte ou exclusiva do teu PT, por participar diretamente ou por contribuição (crise financeira, crise moral, corrupção endêmica, estatais quebradas, etc etc etc….).
    O petismo deve ficar onde está, no limbo político, respondendo as ações do judiciário e escorado na “piedade” inescrupulosa de alguns românticos vermelhos dentro da Igreja Católica e nos sindicatos pelegos que a CUT comanda com mãos de ferro.

    Resposta
    • 27/02/2018, 21:20 em 21:20
      Permalink

      Alô! Alô! Realidade, você escreveu esse textão só pra dizer que o culpado pelo IPTU do Marcelo Belinati é o petista Nedson? Você é só comediante ou nas horas vagas também é belinatista (ou quem sabe um belinatista travestido de tucano)?

      Resposta
    • 27/02/2018, 21:34 em 21:34
      Permalink

      Camarada Realidade (sic), então o ex-prefeito Nedson não teve culhões para impor o IPTU do Marcelo Belinati? Ufa! Ainda bem… Só que o amigão devota um ódio exemplar aos petistas, só aos petistas, porque é bastante complacente com outras personalidades políticas da cidade. Explico. Como já disse, o Realidade (sic) acha que o Nedson (pelo jeito só o Nedson) não teve culhões para fazer esse IPTU do cão aprovado pelo Belinati. Afinal, depois do Nedson, Londrina teve cinco prefeitos – especialmente o Barbosa Neto e o Kireeff – que não mexeram na PGV. Também teria sido por falta de culhões? Para o Realidade (sic) isso não vem ao caso. Se o Realidade (sic) adora prefeito com culhões (desses que ferram o povo com um IPTU que mais parece extorsão do que imposto), deve estar vivendo em nirvana constante com o dr. Belinati.

      Resposta
      • 28/02/2018, 20:39 em 20:39
        Permalink

        A última planta aprovada foi em 2001, na gestão do Nedson. Os dois últimos Prefeitos Kireeff e Barbosa tentaram, pois enviaram à Câmara os Pojetos, mas não tiveram habilidade política para aprová-los.

        Resposta
    • 27/02/2018, 21:35 em 21:35
      Permalink

      O Nedson reajustou o iptu 15 anos atrás. tentou Vender Sercomtel…. porem sempre pagou IPTU diferente do atual prefeito.

      Resposta
    • 28/02/2018, 20:37 em 20:37
      Permalink

      Não sou petista mas esse texto me deu sono.

      Resposta
    • 02/03/2018, 23:06 em 23:06
      Permalink

      Cidadão, naquela época a cidade era limpa, duplicou se a Saul Elkind, a Carlos Strass, a Goiás, 64 empresas se instalaram aqui, a saúde funcionava, foi feita a Avenida Airton Sena… esqueceu-se? Se quiser mais, eu fui presidente da Codel e estou aberto a um diálogo público. Quer? Onde, local e hora. Vamos??

      Resposta
  • 27/02/2018, 20:33 em 20:33
    Permalink

    A verdade é que o ex-prefeito Nedson Micheletti fez uma atualização da Planta Genérica de Valores que permitiu o aumento na arrecadação do IPTU e, o mais importante, uma atualização que foi amplamente aceita pelos londrinenses. O resto é mimimi de golpista e antipetista, ou ainda melhor, de muitos belinatistas.

    Resposta
  • 27/02/2018, 21:36 em 21:36
    Permalink

    Em teoria política, podemos classificar o comentário do camarada Realidade (sic) como diversionismo. Critica o PT para não criticar o prefeito Belinati e seu IPTU indefensável.

    Resposta
  • 27/02/2018, 22:11 em 22:11
    Permalink

    “O PT deve ficar no limbo político…”. Meu amigo, essa afirmação cheira a fascismo. O lugar do PT é aquele que o eleitor escolher. Assim funciona numa sociedade democrática. Quanto ao limbo político, o candidato que melhor se situa nas pesquisas é o petista Lula, que só não será presidente, segundo essas pesquisas, por ação de um tapetão. Meu amigo, que tal descobrir que existe algo acontecendo no Brasil muito além do que você vê no seu “petit comité”?!?

    Resposta
  • 28/02/2018, 10:46 em 10:46
    Permalink

    Petista falando em honestidade/moralidade…meu Deus, é o fim do mundo!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: