Irondi Pugliesi, ex-deputada estadual, morre vitima da covid-19

Da Assessoria

O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, decretou nesta segunda-feira, 12, luto oficial de três dias pelo falecimento da ex-deputada estadual e também ex-vereadora Irondi Mantovani Pugliesi, 74 anos, por complicações em decorrência da Covid-19. Ela estava internada no Honpar desde o dia 16 de março.
Irondi teve forte participação na área pública e defendia causas e maior participação das mulheres na política. Foi eleita deputada estadual por três mandatos –  com representatividade na bancada feminina da Assembleia Legislativa do Paraná. Em 1994, chegou a ser a única mulher a ocupar uma cadeira da Assembleia. Foi também vereadora em Arapongas, além de já ter sido primeira-dama de Arapongas durante os três mandatos de prefeito do marido Waldyr Pugliese.
Irondi Pugliese foi fundadora e a primeira presidente do Conselho Estadual da Condição Feminina. Durante homenagem aos ex-deputados estaduais, em 2013, pela Assembleia Legislativa, durante a sessão de interiorização realizada em Apucarana, Irondi declarou: “Acredito em pessoas sérias e honestas defendendo a população, honrando os votos recebidos”.
Recentemente, a irmã de Irondi, Irahi Mantovani, de 75 anos, que já havia sido servidora na Secretaria Municipal de Educação, e também o pai, Liberto Mantovani, de 97 anos, um dos pioneiros de Arapongas, também faleceram em decorrência da Covid-19.

One thought on “Irondi Pugliesi, ex-deputada estadual, morre vitima da covid-19

  • 12/04/2021, 11:21 em 11:21
    Permalink

    Grande perda. Faltam mulheres de fibra como ela e Nitis Jacon de Arapongas. Atualmente não existem mulheres com esse perfil. Tem mais ocupando poder e são muito fracas. Inclusive em Londrina.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: