Janene quer tirar grana do Passe Livre, mas nada de usar o caixa da Câmara para as demandas da cidade

O vereador Jamil Janene (PP) está valente ao defender a inanição do Passe Livre para os estudantes de Londrina. Neste momento está defendendo a retirada de R$ 3,5 milhões do Passe Livre para redistribuir para outras pastas, inclusive para a Fundação de Esportes, seu sonho de consumo.

Porém, no caixa da Câmara estão estacionados lá mais de R$ 13 milhões para talvez um dia uma reforma da Casa. E estão entrando mais alguns milhões. Mas, quando houve a catástrofe o começo do ano, quando a chuva derrubou dezenas de pontes provocando o caos na cidade, nem um pio para pegar a grana da Câmara para ajudar na reconstrução da cidade.

6 thoughts on “Janene quer tirar grana do Passe Livre, mas nada de usar o caixa da Câmara para as demandas da cidade

  • 22/12/2016, 18:19 em 18:19
    Permalink

    Mais um com perfil ideal para o novo governo, depois reclamam quando questionamos os politicos. Tirar dos estudantes que tem renda baixa, e fazerem os pais gastarem o que não tem….Parabens vereador Janene, pela sua brilhante atitude.O pessoal da transição poderia comparecer para endossar as palavras do parceiro.

    Resposta
  • 23/12/2016, 08:21 em 08:21
    Permalink

    Janene Jannani Janane Janeni Já1000.
    É tão corajoso como um Pequinês diante do escorpião.
    Nenhum pio sobre o lixo da Kurica e da CMTU.
    Nenhuma ação contra o preço da passagem de ônibus.
    Nada fala sobre os corruptos do PT amigo.

    Resposta
  • 23/12/2016, 10:52 em 10:52
    Permalink

    Mas isso é óbvio, dinheiro do legislativo ser repassado pro executivo se não for deveria ser considerado algo contra a lei. Afinal de contas não apenas tem origens diferentes mas também objetivos diferentes.

    Digamos que a câmara ajudasse cedendo uma verba, que dia o Executivo iria repassar verba pra reformar a câmara? Rsrsrs

    Sem contar que dos 17 milhões necessários para arrumar as pontes, que a prefeitura bem sabemos não tinha, ela ainda destina inicialmente mais de 40 milhões pro passe livre, que acabou custando mais de 80 no final das contas. Daí quer tampar essa hemorragia às custas de outras secretarias? Faça-me o favor né….

    Resposta
    • 23/12/2016, 12:13 em 12:13
      Permalink

      Paulo Silva deve ser codinome do diretor e ‘dono’ da Câmara Municipal, que se acha o pudim de ló da festa da Rapunzel.
      Deixe de ser obtuso ô PS!
      Não sabem nada, não dizem nada de 15 milhões de reais que FOI REPASSADO a mais.

      Resposta
      • 24/12/2016, 12:19 em 12:19
        Permalink

        Paulo Silva é um codinome de um cidadão comum, contribuinte e eleitor consciente como todos os demais londrinenses deveriam ser e, acima de tudo, alguém que entende o básico sobre as diferentes atribuições dos três poderes…

        Antes de chamar alguém de obtuso, gostaria que fizesse o que ninguém conseguiu na câmara estes dias: explicar com base em que saúde fiscal a prefeitura se deu ao luxo de aprovar essa medida populista do Passe Livre.

        Todos sabíamos que o famoso superávit da prefeitura era algo totalmente maquiado assim como sabíamos também que a crise nacional não tardaria à chegar em nossa cidade e agora existem pessoas que defendem que a Câmara, que nada tem a ver com essa burrada, tem que pagar esse bolo estragado comprado fora de hora?

        Não precisa ser diretor da Câmara, basta que seja alguém capaz de não chupar sorvete pela testa…

        Resposta
  • 26/12/2016, 21:33 em 21:33
    Permalink

    O tal Roni tem cada aspone.
    Deixa pra lá os comentários obtusos.
    Paulo silvio lembra o Padre Silvio Andrei?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: