Jobim: na mosca

Por Lauro Jardim/Veja

Na entrevista que dá ao excelente Roberto D’Avila Entrevista que vai ao ar amanhã na Globonews, Nelson Jobim aproveitou não só para confirmar a frase que resultou em sua demissão do Ministério da Defesa no primeiro ano do governo Dilma, como para tripudiar.
Em 2011, Jobim desdenhou suas colegas de ministério Ideli Salvatti e Gleisi Hoffmann. Ideli por ser “muito fraquinha” e Gleisi por que “nem sequer conhece Brasília”.
Agora, cinco anos depois, Jobim volta ao ataque:
– Os fatos me deram razão….
De fato, Jobim não exagerou um milímetro.

0 thoughts on “Jobim: na mosca

  • 19/06/2015, 13:58 em 13:58
    Permalink

    O Lauro Jardim a gente já conhece muito bem. A Veja, com suas letras e ideias de cor marrom, nem se fala! Já o Nelson Jobim era um tucano tão malandro que conseguiu até cargo em governo petista. Essa notinha não passa de uma declaração de amor de um tucano por outro…

    Resposta
  • 19/06/2015, 14:15 em 14:15
    Permalink

    jOBIM né o malaco que engavetava tudo,alguém ainda se lembra do esquecido

    Resposta
  • 19/06/2015, 17:26 em 17:26
    Permalink

    Jobim é um espertalhão. Mas que ele falou só verdades sobre as duas ex-ministras da Dilma, isso ele falou! Kkkkkkk! As duas são tão precárias que sequer foram mantidas no segundo mandato da Dilma… Se fossem boas mesmo, estariam despachando lá no Planalto e sendo cotadas para a sucessão presidencial!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: