Juiza suspende sessões da Câmara de Cascavel

Olha só a bronca em Cascavel.

As sessões extraordinárias da Câmara Municipal que seriam realizadas hoje as 14h30 e 16h  respectivamente foram suspensas pela Justiça. Estavam em pauta 16 projetos importantes como Plano Diretor, Lei de uso do solo, e expansão do perímetro urbano. Mas não rolou.  A Juíza Fernanda Consoni concedeu uma liminar e as sessões foram suspensas.
A ação popular foi proposta por vários cidadãos, dentre eles, a Presidente do Movimento Cascavel Cidadã, Márcia Fontanella e os Vereadores Eleitos Fernando Hallberg (PPL), Sebastião Madril (PMB), Serginho Ribeiro (PPL), Josué de Souza (PTC) e Parra (PMDB).

A alegação principal é de que os projetos de lei que estão na pauta destas sessões, são de grande relevância para o Município de Cascavel e o afetará para os próximos 10 anos, e não deveria ser feito em duas sessões extraordinárias, inclusive as duas no mesmo dia com intervalo de apenas 1h30 entre elas, entre dois feriados de final de ano onde a maior parte das pessoas já estão de férias ou em clima de ano novo.

Deixe uma resposta