Justiça determina que Câmara de Londrina demita assessores

Em janeiro deste ano o presidente da Câmara de Londrina, Ailton Nantes, deu um upgrade na carreira de duas pessoas próximas a ele (leia aqui). Obviamente alguém ficou incomodado e ingressou com uma ação contra.

A decisão saiu dias atrás.

O magistrado Marcos José Vieira, da 1ª Vara da Fazenda Pública, determinou que o Presidente da Câmara Municipal de Londrina que, em até 15 dias:

a)promova a edição dos atos de exoneração dos atuais ocupantes dos cargos comissionados de Diretor
Legislativo e de Assessor Legislativo destinado à Assessoria Legislativa da Presidência (com
atribuições nas atividades de Cerimonial, Multimídia e Jornalismo); e

b) apresente certidão expedida pelo órgão competente da Casa Legislativa, atestando, sob as penas da lei, a inexistência de nomeação de servidores comissionados que estejam a exercer as atribuições correspondentes a cargos efetivos ou em comissão (se for o caso) de Assessor Regimental da Mesa Executiva, Revisor de Textos, Jornalista e Fotógrafo”.

Veja a integra da decisão:

2 comentários em “Justiça determina que Câmara de Londrina demita assessores

  • 02/12/2019, 14:05 em 14:05
    Permalink

    É uma vergonha tudo isto, vereadores usam o bem público, como se fosse particular deles, como se fosse uma empresa privada deles.

    Câmara de vereadores praticamente todos os vereadores estão contaminados, teria que ser preso um vereador deste.

    Próxima eleições eleitores, vejam em quem vão votar, em quem vai realmente cuidar do bem público, quem vai criar leis boas para nós contribuintes/eleitores, já não bastava lei do SUPER IPTU que acabou com vida de milhares de londrinenses, estamos mal representados, tanto no legislativo (vereadores), como no executivo (prefeito).

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: