Justiça nega pedido de adiamento do Enem

A Justiça Federal negou um pedido da Defensoria Pública da União (DPU) para suspender a realização do Enem no próximo fim de semana devido ao aumento de casos e mortes causados pela Covid-19. De acordo com a juíza Marisa Cucio, de São Paulo, “não há como acolher a alegação de falta de clareza quanto aos procedimentos de biossegurança” adotados pelo Inep, responsável pela aplicação do exame, e “não há como alegar que o risco de contaminação seja certo”. Em novo recurso apesentado ao TRF3, a DPU criticou o governo: “O despreparo e a ineficiência da administração pública não podem justificar colocar-se em risco milhões de pessoas.

Da Veja

Deixe uma resposta