Listão de Fachin apimenta disputa eleitoral no Paraná

Osmar Dias e mais um momento feliz em sua vida.

A menção do nome do ex-senador Osmar Dias no listão do ministro Fachin deixou alguns políticos do Paraná bem felizes. Um deles é Ratinho Júnior (PSD).

Ambos têm interesse em disputar o governo do Paraná em 2018.

E a assombração Odebrecht pode impactar fortemente nas urnas.

Veja o que diz a nota oficial de Osmar Dias:

“Nunca recebi qualquer doação da Odebrecht. Não conheço e jamais tive contato com pessoas ligadas à o Odebrecht. Os recursos repassados pelo Diretório Nacional do PDT foram legalmente declarados e aprovados pelo TRE. Jamais autorizei, em toda a minha vida pública, pessoas a solicitar recursos em meu nome. Não conheço as razões da citação de meu nome, bem como o seu teor, mesmo que indiretamente, na referida citação do processo da Odebrecht.
O que me importa neste momento é que tudo seja esclarecido e que minha honra seja preservada.

Curitiba, 12 de Abril de 2017
OSMAR DIAS

4 comentários em “Listão de Fachin apimenta disputa eleitoral no Paraná

  • 12/04/2017, 18:15 em 18:15
    Permalink

    Em 16 de julho de 2010 – a outra delatora Camargo Correa (que ainda não veio a público a furdunça) depositou na conta de campanha de Osmar Dias – o candidato de todos os petistas e pedetistas 5 milhões de reais, justo 11 dias após o registro da candidatura no TRE, um feito inédito no Paraná. Recebeu a grana da Camargo Correa, hoje delatora da Lava Jato sem ter um carrinho de som na rua:
    CONSTRUÇÕES E COMÉRCIO CAMARGO CORREA S/A 61.522.512/0001-02 16/07/10 12001050651 5.000.000,00 Transferência eletrônica OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    E rápido como um raio, 14 dias depois de receber da Camargo Correa, ele mandou um chequinho de 3,9 milhões de reais para Doação a outra candidatura (sabe-se lá quem):
    12 – OSMAR FERNANDES DIAS – GOVERNADOR 12.172.611/0001-04 30/07/10 Doações financeiras a outros candidatos e/ou comitês financeiros 3.900.000,00 Cheque Comitê Financeiro Único – PDT – PR / 12 – OSMAR FERNANDES DIAS – PR – Governador

    O interessante é o recebimento de valores que ultrapassam mais de 7 milhões de um Comitê Financeiro Único, em 3 e 27 de agosto e no último dia da eleição em outubro (sendo que setembro nada foi entregue):
    Comitê Financeiro Único 12.205.238/0001-32 03/08/10 12001050656 3.883.551,00 Estimado OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    Comitê Financeiro Único 12.205.238/0001-32 03/08/10 12001050655 778.341,50 Estimado OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    Comitê Financeiro Único 12.205.238/0001-32 27/08/10 12001050662 2.817.077,57 Estimado OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    Comitê Financeiro Único 12.205.238/0001-32 30/10/10 12001050675 14.857.097,94 Estimado OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    Comitê Financeiro Único 12.205.238/0001-32 30/10/10 12001050676 870.914,63 Estimado OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR

    E a empreiteira querida dos londrinenses – Sanches Tripoloni – que não consegue terminar nem os viadutos da PR 445 e é dona de parte do pedágio da BR 369 até São Paulo – ECONORTE – mandou 500 mil reais na época:

    JOÃO SANCHEZ JUNQUEIRA 126.980.919-91 15/09/10 12001050665 50.000,00 Cheque OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    JOÃO SANCHEZ JUNQUEIRA 126.980.919-91 15/09/10 12001050664 50.000,00 Cheque OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    ANTONIO SANCHES 126.938.399-04 15/09/10 12001050667 50.000,00 Cheque OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    ANTONIO SANCHES 126.938.399-04 15/09/10 12001050666 50.000,00 Cheque OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    PAULO FRANCISCO TRIPOLINI 536.488.388-49 21/09/10 12001050670 150.000,00 Cheque OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    ANTONIO SANCHES 126.938.399-04 21/09/10 12001050669 100.000,00 Cheque OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR
    CONSTRUTORA SANCHES TRIPOLINI LTDA 53.503.652/0001-05 30/09/10 12001050673 50.000,00 Cheque OSMAR FERNANDES DIAS 12 PDT Governador PR

    A prestação de contas foi consolidada em junho de 2011, 8 meses depois da derrota nas eleições no primeiro turno, e a consequente perda do mandato de Senador, que deixou para Gleisi Hoffmann (PT e mulher de Paulo Bernardo – o Filósofo) e a outra para Senador Roberto Requião (PMDB), com zero despesa e zero receita – balanço adequadamente zerado.
    Total de Despesas R$ 29.540.784,04
    Total de Receitas R$ 29.540.784,04
    Nº Controle: 1704347483 Data Entrega: 22/06/2011
    http://spce2010.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2010/resumoReceitasByCandidato.action?filtro=N&sqCandidato=160000000914&sgUe=PR&nomeVice=null

    Resposta
  • 12/04/2017, 21:10 em 21:10
    Permalink

    Pelo menos uma coisa boa está acontecendo. Político agora sabe que, se fiar em papo de empresário, de lobista e de doleiro, vai se fuder. Empresários, lobistas e doleiros caguetas já já estarão soltos, muitos já estão, com muito dinheiro no bolso. Tornozeleira não é castigo. Em breve teremos (ou já temos?) especialistas em retirar tornozeleiras de tornozelos e colocá-las na barriga do cachorrinho da casa pra ficar andando pra lá e pra cá. Atenção, político, aquele hoje que diz que está doando um dindim pra pagar seus cabos eleitorais, amanhã dirá que foi obrigado a pagar propina, que foi coagido a fazer a doação. Outra coisa, político, os marqueteiros com vocação para X-9 são perigosíssimos. Na eleição querem pagamento por fora pra não pagar IR. Depois que você se elegeu, eles vão te fuder também. Vão falar pra PF, pro MP ou pro juiz moro que foram obrigados a receber por fora porque o candidato disse que a grana também veio por fora. Por isso que não me candidato nem a síndico de prédio, nem a presidente do ministério.

    Resposta
  • 13/04/2017, 14:28 em 14:28
    Permalink

    Observando essa foto, vi que o nome do Andre Vargas não apareceu nenhuma vez. Eita deputadozinho sem moral com os cara da grana. Só está preso mesmo pq levantou o bracinho gordo para o ministro. Roubo: só de migalhas.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: