Lockdown em Arapongas

O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, resolveu promover um lockdown na cidade neste fim de semana. Haverá toque de recolher a partir das 22 horas de sexta-feira. Até feira livre foi suspensa.

À rádio Paiquerê Onofre disse que além das feiras livres, todas as atividades comerciais e templos religiosos estarão suspensos. “Haverá fiscalização rigorosa. Temos notado que as recomendações de isolamento e distanciamento social, ou até mesmo o simples uso de máscaras, não têm sido acatadas o suficiente, por isso tomamos essa decisão”. Segundo ele a intenção é conscientizar a população dar o recado de que se a curva de contaminação não baixar, haverá medidas duras.

4 thoughts on “Lockdown em Arapongas

  • 28/07/2020, 18:35 em 18:35
    Permalink

    Esse prefeito aí ficou todo chiliquento quando o Secretário Estadual da Saúde aventou a possibilidade de incluir Arapongas no decreto que paralisou atividades não essenciais em várias cidades paranaenses. Onofre mandou um recado de nível muito baixo para o secretário estadual dizendo para ele mandar em Apucarana porque em Arapongas quem mandava era ele, o prefeito da cidade. O resultado está lá na cidade do coronavírus, digo, dos passarinhos. Sim, analisando os relatórios divulgados pela secretaria municipal da saúde, mais parece que a cidade está infestada pelo novo coronavírus e as mortes progridem em estado alarmante. Em apenas dois dias, as vagas nas UTIs reservadas para doentes com covid-19 desapareceram. Até uma morte ocorreu em UPA da cidade antes mesmo de atendimento hospitalar. Mas o prefeito não deixa de proferir suas pataquadas diante de situação gravíssima. Depois que a prefeitura decretou lockdown na cidade, acabei de ler uma entrevista do prefeito garantindo que o lockdown oficial não é lockdown!

    Resposta
  • 28/07/2020, 20:09 em 20:09
    Permalink

    A situação está ficando dramática em várias cidades do Paraná. Veja a situação de Arapongas. Hoje a Secretaria da Saúde do município está anunciando que na cidade há, só hoje, 423 araponguenses doentes com a covid. Se considerarmos o percentual de letalidade da doença na cidade (2,42%), com certeza desses 423 infelizmente podemos contar já com aproximadamente mais 10 mortos na cidade nos próximos dias. A cidade pode se preparar para um lockdown muito mais prolongado do que os dois dias do final de semana.

    Resposta
  • 29/07/2020, 10:40 em 10:40
    Permalink

    Vai-se esperar o que de uma cidade que apoiou em peso o candidato do ódio, da defesa da tortura e da morte de brasileiros às centenas? Arapongas segue seu líder nacional que promove ajuntamentos de pessoas e dá como cura da covid um remédio milagroso. Mas as lideranças da cidade não tomam jeito. Tirando o pessoal da Saúde que redobra sua costumeira dedicação aos doentes, os líderes da cidade continuam achando que o coronavírus não passa de uma gripezinha. Li agora há pouco a entrevista de um membro da Acia (a versão jeca da capiau Acil de Londrina, gente que só pensa em questões imediatas) dizendo que esses dois dias de lockdown na cidade vão ser suficientes, que tudo vai dar certo (imagine o grau de conhecimento dessa pessoa da realidade dessa pandemia) e que, pasmem!, no sábado seguinte o comércio vai funcionar normalmente para garantir um belo dia dos pais na cidade. Com certeza com muitos almoços reunindo numerosos familiares, muitos presentes para garantir o lucro dos empresários araponguenses… O resultado é previsível.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: