Londrina, enfim, facilitando o mercado de eventos

Londrina, enfim, vai começar a olhar com mais carinho para um dos principais atrativos de negócios da cidade, a indústria dos eventos.

Poucas cidades no Brasil tem tantos eventos como Londrina. E não estamos falando apenas dos eventos mais conhecidos, como os festivais de teatro – reconhecido mundialmente – o de música, de dança, de HipHop, de Jazz, etc. 

Só para se ter uma ideia, são cerca de dois mil eventos na cidade todos os anos, isso sem contar aqueles outros milhares que são realizados e quase ninguém fica sabendo.

Até hoje uma das principais reclamações dos organizadores, e das empresas que trabalham com turismo e eventos,  é o porcentual cobrado no ISS 5%. Por causa disso, muitas empresas de eventos preferem instalar-se nas cidades vizinhas onde o ISS é menor, e fazer os eventos em Londrina.

Por iniciativa do vereador Guilherme Belinati, e abraçada pelo prefeito e primo Marcelo Belinati, foi enviado à Câmara um projeto de lei reduzindo o ISS dos eventos para 3%. É o mesmo porcentual cobrado em cidades turísticas como Gramado e até a vizinha Maringá.

Deixe uma resposta