Maioria do STF vota pela saída de Cunha da presidência da Câmara

Nathalia Passarinho e Renan Ramalho 

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou hoje a favor da suspensão do mandato parlamentar e do afastamento por tempo indeterminado do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara.

Até a última atualização desta reportagem, 9 dos 11 membros da Corte já tinham se manifestado a favor (e nenhum contra) do pedido da Procuradoria Geral da República (PGR).
Na madrugada desta quinta, o relator do caso, ministro Teori Zavascki, proferiu decisão liminar (provisória) determinando o afastamento de Cunha do mandato de deputado federal e, consequentemente, da presidência da Casa.
Acompanharam o relator os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Cámen Lúcia, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello. Até a última atualização desta reportagem, faltavam os votos de Celso de Mello e Ricardo Lewandowski. Embora já exista maioria, o resultado só é proclamado no final do julgamento – até a proclamação, qualquer ministro pode, em tese, mudar o voto.

A suspensão do mandato e o afastamento de Cunha da presidência foram medidas  recomendadas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sob o argumento de que o deputado usa o poder do cargo para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato e a análise do processo de cassação de seu mandato no Conselho de Ética da Câmara. (leia mais)

 

3 thoughts on “Maioria do STF vota pela saída de Cunha da presidência da Câmara

  • 05/05/2016, 21:26 em 21:26
    Permalink

    O Kimta Katiguria do MBL já foi chorar no ombro do seu líder? E o Aecioporto também? E o Temer Ficha Suja? E os três deputados federais londrinenses que se abraçaram a Cunha para dar golpe na presidente que até FHC considera honesta? Essa turma é Cunha. Não adianta assobiar e olhar pro lado. KKKKK

    Resposta
  • 06/05/2016, 00:29 em 00:29
    Permalink

    A respeito dos três deputados apoiadores do GOLPE CONTRA A DEMOCRACIA de Londrina, gostaria muito de saber se algum deles está temeroso com uma eventual e provável delação premiada (caguetagem) do bandido internacional Eduardo CUnha? E se estão com algum receio, qual seria o motivo?

    Resposta
  • 06/05/2016, 10:40 em 10:40
    Permalink

    Gostaria de felicitar o Canziani,Belinati e o Hauly,mais o celerado Paulinho da força que foram dar um chazinho de poejo para o CÚnha.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: