Mais um megaempresário indiciado pela Polícia Federal

Do G1

A Polícia Federal (PF) indiciou o diretor-presidente do Grupo Gerdau, André Gerdau, pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e tráfico de influência em um inquérito da Operação Zelotes, que teve como principal foco o grupo empresarial, gigante do setor siderúrgico com atuação em 14 países. Além de Gerdau, outras 18 pessoas também foram indiciadas no mesmo inquérito.

Em fevereiro, a PF deflagrou a 6ª fase da Zelotes, que investiga fraudes em julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda. O órgão funciona como uma espécie de tribunal administrativo, ao qual as empresas recorrem de multas da Receita Federal.

A ação da Zelotes em fevereiro cumpriu 18 mandados de busca e apreensão e 20 de condução coercitiva (quando a pessoa presta depoimento na delegacia e depois é liberada).

Um dos conduzidos coercitivamente foi André Gerdau, que, além de diretor-presidente, é presidente do comitê executivo da Gerdau. Ele foi indiciado especificamente pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro .  Leia mais

Um comentário em “Mais um megaempresário indiciado pela Polícia Federal

  • 16/05/2016, 20:04 em 20:04
    Permalink

    Pelo que entendi da entrevista do ministro da Justiça do governo golpista, em breve a PF não vai ter as mesmas facilidades para pegar os peixes graúdos da corrupção que teve no governo petista. Ele deixou bem claro: vai ter limites para a ação da PF. É bem provável que, daqui para a frente, a PF só vai poder correr atrás de petista. É ruim que o Mordomo do Capeta vai permitir a PF no encalço de 40% do seu ministério…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: