MDB representa contra o Camarão do Palácio Iguaçu

do Zé Beto

Para os que ainda não esqueceram o escândalo do edital do Supremo Tribunal Federal, onde foi listado os itens da comilança e bebelança dos ministros, agora há uma denúncia local semelhante.

O MDB do Paraná protocolou representação no Tribunal de Contas onde, além de citar a situação econômica do país e do Estado, lembrando também o caso da falta de reajuste salarial aos servidores públicos e o anúncio do reajuste na tarifa de água (suspensa temporariamente), afirma que há um desrespeito à população quando a Casa Civil do governo do Paraná publica edital para a compra de 150 kg de camarão, 250 kg de congrio, 200 kg de salmão, 60 kg de atum, 20 kg de carne, entre outros. Segundo a notificação, assinada por João Arruda, presidente do MDB do Paraná, “a aquisição fere acintosamente o princípio da moralidade”. No documento é citado também o prefeito Rafael Greca, que foi denunciado pelos gastos em restaurantes nas viagens que faz. Arruda também notificou o Ministério Público pedindo a anulação do edital. A conferir:

Deixe uma resposta