Melhor não responder

Do Brasil Confidencial/Istoé

Em depoimento à Procuradoria-Geral da República, o empresário e delator Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará, lembrou de uma conversa com o doleiro Alberto Youssef sobre a distribuição de propina desviada da Petrobras. Falavam sobre a “fidelidade” do PP em relação ao governo quando o delator ficou confuso. Youssef foi direto ao ponto: “Ceará, você é burro? Você acha que os políticos vão pedir dinheiro diretamente à Dilma? Eles pedem cargos e nos cargos eles fazem os caixas dos partidos.”

Deixe uma resposta