Ministro da Educação e presidente Bolsonaro são os principais alvos da manifestação de hoje

E os protestos hoje devem atingir cerca de 75 das 102 universidades e institutos federais do País. A manifestação é contra o anunciado corte de 30% das verbas para as universidades. Um dos alvos do protesto, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse ontem que as universidades precisam deixar de ser tratadas como “torres de marfim” e não descartou novos contingenciamentos. Informações do Estadão.

Um comentário em “Ministro da Educação e presidente Bolsonaro são os principais alvos da manifestação de hoje

  • 15/05/2019, 21:32 em 21:32
    Permalink

    E, em Londrina, o Partido Novo vai ter coragem de pedir apoio aos estudantes nas próximas eleições? Na Câmara Federal, o Partido Novo virou um puxadinho do presidente Bolsonaro. Chegava a ser constrangedor a claque do Partido Novo e do PSL do deputado Filipe Barros batendo palma pra qualquer besteira que o ministro da Educação falava hoje na Câmara Federal. Partido Novo é o ca……!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: