Moro virou vidraça

do Antagonista

Ao chegar para a sessão da Primeira Turma do STF, o ministro Marco Aurélio Mello comentou o vazamento de mensagens entre Sergio Moro e integrantes da força-tarefa da Lava Jato:

“Coitado do juiz Moro. O presidente o colocou numa sabatina permanente quando anunciou que houvera um acordo para ele deixar uma cadeira efetiva, abandonando 22 anos de magistratura, para vir pra Esplanada e ser auxiliar dele, presidente da República, colocando-o na vitrine.”

“E aí, quem está na vitrine, o estilingue funciona”, emendou o ministro.

3 comentários em “Moro virou vidraça

  • 12/06/2019, 11:47 em 11:47
    Permalink

    Por enquanto Moro continua com apoio dos corruptos “que não vinham ao caso” na vara federal de Curitiba e da Globo, a privilegiada rede de TV que recebia privilegiado vazamentos em favor da lava jato. Até quando?

    Resposta
  • 12/06/2019, 16:01 em 16:01
    Permalink

    O Moro deve ser um daqueles concurseiros que, depois de passar no concurso, se esquecem de tudo que estudaram. Por isso deve ter se esquecido que o comportamento de um juiz é regulado por leis. Ou o ódio a Lula e ao PT levaram o ex-juiz a assumir riscos. Mas o ministro Moro (que me perdoem os moristas pela minha indelicadeza) também é bem burrinho. Como eu, Moro usava o aplicativo Telegram. Será que ele não sabia que nesse aplicativo mensagens podem ser autodestruídas em minutos? E que, se você apagar mensagens manualmente, elas somem também do celular que as recebeu? Não é à toa que foi escolhido para ser ministro do Bolsonaro…

    Resposta
  • 12/06/2019, 20:55 em 20:55
    Permalink

    Rapaz…..isso aqui tá parecendo o Blog do Esmael……..antes da esquerda afundar ele né!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: