MP denuncia clínicas psiquiátricas. Defesa diz que MP desvirtua informações e que denúncias são absurdas

O Ministério Público de Londrina apresentou ontem denúncia criminal contra 37 pessoas, sendo 32 delas supostamente envolvidas em organização criminosa instalada em duas clínicas psiquiátricas da cidade. Entre os crimes denunciados, estão: organização criminosa, maus-tratos, cárcere privado, peculato, falsidade ideológica, lesão corporal, estupro de vulnerável, abandono de incapaz e exercício irregular da Medicina.

Resposta da Defesa:

Sobre a denúncia criminal oferecida ontem pelo Ministério Público de Londrina,  a direção da Clínica Psiquiátrica de Londrina (CPL) e da Villa Normanda  declara que as denúncias feitas pelo MP são resultado do desvirtuamento proposital e mal intencionado dos fatos, com o nítido objetivo de prejudicar a sua  imagem e a de seus proprietários. Enfatiza que nenhuma das irregularidades descritas na denúncia foram confirmadas pelos órgãos oficiais.  O absurdo é tal que, na denúncia, são citados processos contra a Clínica que o MP perdeu,  ficando provada a inocência dos acusados. O MP já recebeu ampla gama de documentos comprovando serem as acusações infundadas, mas preferiu não considerá-las.

Um comentário em “MP denuncia clínicas psiquiátricas. Defesa diz que MP desvirtua informações e que denúncias são absurdas

  • 27/05/2019, 12:18 em 12:18
    Permalink

    Alguém sabe onde acho o documento? É possível acessá-lo? Me perdoem pela minha ignorância.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: