“Não há máfia”, diz secretário. Há os que discordam

Hoje em alguns grupos de whats app, repercutiu a fala do até então secretário da Fazenda, Edson Souza, ontem durante audiência na Câmara, de que sentia ofendido quando as pessoas diziam que há uma “máfia do IPTU”, na secretaria que comanda. Segundo ele, os servidores do setor são honrados e empenhados e Souza diz não admitir que os tratem como “máfia”. “Se houve irregularidades, tudo será esclarecido e caso haja culpados, punidos conforme prevê a lei. Mas não posso aceitar essa generalização”.

Bom, nos grupos do whats de servidores há quem queira fazer um abaixo assinado contra o Secretário já que as denúncias são graves e até agora pouco ou quase nada foi esclarecido.

Um comentário em ““Não há máfia”, diz secretário. Há os que discordam

  • 16/02/2018, 21:16 em 21:16
    Permalink

    Em toda essa discussão sobre o IPTU de Londrina, há duas perguntinhas que ficam me atenazando:
    1. Alguém acredita que só o prefeito e seu parente receberam carnês de IPTU mamão com açúcar? Só uma auditoria independente pra puxar o fio da meada… Definitivamente não é tarefa pra estagiário…
    2. Alguém acredita que o prefeito e os vereadores que aprovaram esse IPTU-forca não sabiam que ele teria cara de extorsão e não de justiça tributária? Se alguém acredita, acho que está fazendo papel de bobo. Então por que será que o prefeito e os vereadores se esforçaram tanto para impedir o acesso dos contribuintes à informação de quanto seria o IPTU 2018 durante sua discussão e aprovação na Câmara?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: