‘Não vou deixar me intimidar’, diz promotor de Londrina

Ontem, o promotor Renato de Lima Castro respondeu uma nota da Procuradoria-Geral do Estado (PGE). Ele disse que não vai deixar se intimidar pela atuação do Ministério Público, que instaurou um inquérito civil para apurar ato de improbidade administrativo praticado pelo titular do cargo, Paulo Sérgio Rosso. O promotor disse que o Ministério Público não tem o poder de intimar pessoas ou órgãos. Para ele, o Ministério Público age de acordo com a Constituição e com a lei. Assim eles devem instaurar inquérito para apurar ato de improbidade administrativa

Um comentário em “‘Não vou deixar me intimidar’, diz promotor de Londrina

  • 27/04/2016, 20:41 em 20:41
    Permalink

    Esse promotor tem fama de valentão, mas sua sede de incriminar pessoas ligadas ao governo pode trazer sérios prejuízos ao erário, não bastasse 70 e poucos auditores ganhando sem trabalhar,isso já deve dar uns 3 milhões por mês de prejuizo ao estado, ainda fecham com o pedófilo pra ele entregar uma fazenda que vale uma merreca em troca da liberdade, tá muito estranho tudo isso…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: