“Não vou te visitar na Papuda (presídio)”, diz Bolsonaro ao filho, pelo whatsApp

Quarta-feira, a Fórum mostrou em primeira mão o flagrante feito pelo fotógrafo Lula Marques. Ele registrou uma conversa, via WhatsApp, do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) com o filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP).

Nas imagens, é possível ver o pai dando uma bronca em Eduardo, que esqueceu da data da eleição para a presidência da Câmara, disputada por Jair Bolsonaro no dia 2 de fevereiro. O parlamentar acabou em último lugar, com apenas quatro votos.

Com a repercussão do diálogo, o perfil do fotógrafo passou a receber ataques de simpatizantes dos políticos, que acusaram o profissional de ter inventado a história. Lula, então, resolveu postar a íntegra da discussão, que pode ser conferida abaixo:

Jair Bolsonaro: “Papel de filho da puta que você está fazendo comigo”

Jair Bolsonaro: “Tens moral para falar do Renan? Irresponsável” (Jair Bolsonaro tem um filho chamado Renan)

Jair Bolsonaro: “Mais ainda, compre merdas por ai. Não vou te visitar na Papuda”

Jair Bolsonaro: “Se a imprensa te descobrir ai, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente”.

Eduardo Bolsonaro: “Quer me dar esporro tudo bem. Vacilo foi meu. Achei que a eleição só fosse semana que vem. Me comparar com o merda do seu filho, calma lá”.

A lista de presença da Câmara indica que Eduardo, de fato, não compareceu no dia da votação.

Um comentário em ““Não vou te visitar na Papuda (presídio)”, diz Bolsonaro ao filho, pelo whatsApp

  • 10/02/2017, 12:16 em 12:16
    Permalink

    Um pai zeloso de um filho carinhoso.
    Que não sabe o motivo da viagem do filho a Austrália em pleno início de trabalho legislativo.
    Imagina se fosse o Jamil Janene?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: