Negócios de família

E nas capitanias hereditárias do Paraná, o governo é sempre visto como um negócio de família. E desde sempre. Roberto Requião de Mello e Silva tinha dois irmãos no primeiro escalão – Maurício e Eduardo.

Beto Richa fez da mulher secretária e do irmão Pepe um supersecretário que mandava e desmandava nas obras do Paraná.

Agora dona Cida Borgheti colocou o cunhado, Silvio Barros, na Secretaria de Desenvovimento. E cogita em entregar a Sanepar a outra família parceira. Está entre Emilia Belinati – ex-vice governadora e ex-mulher do ex-prefeito de Londrina, Antonio Belinati, parça das antigas da família Barros -, Fabiana Campos (esposa do deputado Luiz Cláudio Romaneli) e  Cristiane Schwanka, funcionária de carreira da Sanepar.

Um comentário em “Negócios de família

  • 23/04/2018, 18:00 em 18:00
    Permalink

    ´chegou a hora de aposentarmos todos estes vagabundos do poder….pena que ja estão ricos, mas ainda ha tempo para por nas grades.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: