Nelson Meurer, do PP do Paraná, virou réu em ação da Lava Jato no STF

Do Antagonista

Ele é investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A PGR acusa Meurer de ter recebido cerca de R$ 30 milhões em propina do petrolão, entre 2006 e 2014.

Deixe uma resposta