No tocante foi uma “cuestão” de sanidade mental

O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, foi sondado para ser Ministro da Saúde.

Não aceitou.

Preferiu manter a própria sanidade mental.

2 comentários em “No tocante foi uma “cuestão” de sanidade mental

  • 19/05/2020, 23:26 em 23:26
    Permalink

    Se aceitasse, faria o quê? Iria dispensar o monte de militares já instalados no ministério da saúde bolsonarista? Ia ter que ter muito peito… E como ele iria enfrentar os animais ferozes do fascismo tupiniquim, quando o Carluxo lembrasse que Beto Preto foi prefeito petista? Melhor ficar a serviço do Ratinho mesmo. E falando em ministério bolsonarista, o presidente criou o “ministério da saúde… financeira dos militares comissionados”. Quá! Quá! Quá!

    Resposta
  • 20/05/2020, 09:32 em 09:32
    Permalink

    Fez bem, deixa para lá que é festa de fim de feira do dízimo

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: