Nota da CMTU sobre a greve do transporte coletivo

Na tarde de quarta-feira (07/04), a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), participou de uma reunião convocada na véspera, pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), a pedido da empresa Transportes Coletivo de Londrina (TCGL).

Além de representantes da TCGL, participaram da reunião on-line, diretores da Londrisul e do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Londrina (Sinttrol).

Durante a reunião as empresas informaram aos presentes dificuldades em realizar os pagamentos salariais na data de vencimento, quarta-feira (07/04), em razão da redução de passageiros por conta da pandemia.

Um novo encontro entre os envolvidos aconteceu na quinta-feira (08/04) e novamente terminou sem a resolução esperada, que era a confirmação do pagamento dos salários dos trabalhadores e do não prejuízo à sociedade.

Vale ressaltar que o poder público, assim como a maioria dos segmentos empresariais, também passa por dificuldades em razão da crise provocada pela pandemia da COVID-19.

Desde o início dos reflexos da pandemia, a CMTU tem feito intervenções diárias para buscar o equilíbrio entre a redução do número de passageiros e a oferta do serviço.

Nesse sentido, além dos valores arrecadados diariamente pelas empresas com o recebimento da tarifa paga pelos usuários, o Município de Londrina fez esforços visando atender a necessidade de evitar aglomerações com um transporte seguro neste período de pandemia.

Para tanto, realizou a antecipação de valores na ordem de R$ 6.000.000,00, nos três primeiros meses de 2021.

O poder público conclama que as empresas honrem e tenham a sensibilidade de efetuar o pagamento dos salários dos motoristas.

As concessionárias já foram notificadas pela manutenção da operação conforme contrato vigente, sob risco de aplicação das sanções cabíveis.

Atenciosamente, CMTU

3 thoughts on “Nota da CMTU sobre a greve do transporte coletivo

  • 09/04/2021, 15:57 em 15:57
    Permalink

    Nao entendo pq Londrina nao municipaliza o transporte publico! Ha gerações na mão de 2 empresas que fazem oq quer! Municipaliza Ja!

    Resposta
  • 12/04/2021, 08:31 em 08:31
    Permalink

    Cmtu precisa olhar umbigo. Maior mato nos canteiros da Avenida Bandeirantes . Duas quadras da sede e ninguém vê essa coisa feia.

    Resposta
  • 12/04/2021, 08:34 em 08:34
    Permalink

    Nesse domingo um posto na Rua João Candido com Andirá estava lotado e com mesas a uma quadra da CMTU e nenhum guarda municipal fiscalizou. Dois pesos e duas medidas sr. MARCELO?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: