Nota Oficial da Câmara de Vereadores

*NOTA OFICIAL*

Ao contrário do que foi divulgado neste blog na manhã de hoje (15/02), o projeto de reforma da Câmara Municipal de Londrina (CML) não contempla a construção de um prédio anexo, mas somente a readequação da sede atual, sem ampliação do imóvel. Também não há definição sobre o local que irá abrigar a CML provisoriamente durante a obra.

A reforma é uma necessidade iminente, pois o prédio foi inaugurado em junho de 1977 e nunca passou por uma readequação geral. As galerias da sala de sessões, por exemplo, estão parcialmente interditadas pelo Corpo de Bombeiros desde 2018. O imóvel também apresenta rachaduras nas paredes e pisos, infiltrações e possui rede elétrica limitada, entre outros problemas.

O blog também erra ao informar que o Fundo Especial da Câmara possui, em caixa, mais de R$ 28 milhões. Atualmente, são R$ 14.105.463,59, conforme dados disponíveis no Portal da Transparência (https://www.cml.pr.gov.br/cml/site/transparencia_fundos.xhtml). O Fundo Especial foi criado pela Lei Municipal nº 10.842, de 23 de dezembro de 2009, e destinado a reforma e ampliação do prédio sede da Câmara Municipal e também para a aquisição de mobiliários necessários ao seu funcionamento. Este fundo é composto pela economia das interferências financeiras recebidas do Poder Executivo

Relembro que, em abril de 2020, como foi amplamente divulgado pela mídia, o Legislativo Municipal destinou R$ 20 milhões do Fundo Especial para o município investir em ações contra a covid-19, sendo R$ 10 milhões para as secretarias municipais de Saúde e de Assistência Social, R$ 5 milhões para o Hospital Universitário de Londrina criar leitos exclusivos para pacientes com o novo coronavírus e outros R$ 5 milhões para garantir créditos para micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais (MEIs) e vendedores ambulantes regularizados. (https://www.cml.pr.gov.br/cml/site/noticiadetalha.xhtml?origem=0&idnoticia=2356&idnoticia=2356)

Londrina, 15 de fevereiro de 2020.

*Jairo Tamura*
Presidente da Câmara Municipal de Londrina

5 thoughts on “Nota Oficial da Câmara de Vereadores

  • 15/02/2021, 18:52 em 18:52
    Permalink

    Não sabe ler o japonês?
    “…O vereador Jairo Tamura pretende gastar o que restou dos valores guardados pela Câmara Municipal (criado pela lei 10.842/2009, tinha em abril de 2020 no início da pandemia R$ 28.362.567,07 de reais)…”

    Resposta
  • 15/02/2021, 21:18 em 21:18
    Permalink

    Se comportando como Bolsonero, reserve este dinheiro para comprar vacina para os Londrinenses. Se esta apertado os gabinetes, diminua o número de assessores que tudo se acomoda e não vai fazer a mínima falta.

    Resposta
  • 16/02/2021, 08:30 em 08:30
    Permalink

    Absurdo Sr. Tamura. O mundo sem saber ainda das consequências Covid e vc querendo mais honhorto para os nobres edis. Não faça isso.

    Resposta
  • 18/02/2021, 08:14 em 08:14
    Permalink

    Não sabe escrever este cara – “Este fundo é composto pela economia das interferências financeiras recebidas do Poder Executivo”.
    Interferências?
    Seria transferências?
    Não sabe ler “O blog também erra ao informar que o Fundo Especial da Câmara possui, em caixa, mais de R$ 28 milhões.”
    Nunca falou 28 milhões e uns quebrados, e sim o que sobrou de 2020 mais os depositados.
    Um total de 8 que sobrou mais 6 milhões de reais que depositaram – 14 milhões de reais.
    O que é muito.
    Muito dinheiro mesmo para vereadores que são a imagem de um bando de pardal – não cantam, não tem cor e ninguém sabe para o que serve!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: