Nota Oficial da CTD sobre as demissões na empresa

CTD, um novo momento

Diante do término do contrato de prestação de serviços em teleatendimento celebrado com a Sercomtel Telecomunicações S/A, findado em julho passado, a Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento iniciou sua reestruturação organizacional, em consonância com estudo realizado pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UEL (FAUEL), parceira nesta finalidade.

Neste novo cenário, a CTD está tomando decisões difíceis e fazendo ajustes no seu corpo funcional. Dos nossos 316 funcionários, 83 estão nos deixando neste momento – a expressiva maioria atuava diretamente para atender aos serviços prestados à Sercomtel Telecomunicações.
Todos os direitos trabalhistas (verbas rescisórias) serão evidentemente honrados, como salário, aviso prévio indenizado, férias, 13º Salário, FGTS acrescido de verba indenizatória e guias do seguro-desemprego. Por outro lado, em conjunto com a Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda, a empresa está envidando esforços para suas recolocações no mercado de trabalho.

Antes disso, a companhia já havia feito um programa de reciclagem profissional para aproveitamento de parte dos colaboradores em novas funções, já que, a partir deste momento, ela muda de foco no mercado, deixando de ser uma empresa exclusivamente de call-center e voltando-se para o oferecimento em serviços de tecnologia e inovação tecnológica.
A nova CTD, portanto, vai elaborar e executar projetos especiais para o desenvolvimento da cidade e dos seus cidadãos. Acreditamos na compreensão

A direção

Leia Também

Uma pergunta a Sérgio Moro

O presidenciável Sergio Moro não se posicionou ainda se é contra ou a favor da...

Cohab licita 20 lojas no Mercadão Shangri-lá

A Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-Ld) está com licitação em andamento para 20 lojas...

Virada de ano da Covid

Comente!

guest
15 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
João
João
4 meses atrás

É nada, teve setores que não mexeram. Jurídico, governança

Albertino
Albertino
4 meses atrás

Quando a notícia é boa, a carta tem assinatura, Quando é ruim. Assinam o coletivo de diretores. Pacoca sabe que eram 03 diretores e 00 acessores. Agora são 04 diretores e 05 acessórios.

Cebola
Cebola
4 meses atrás

Ainda bem que o Dr. Nilsom, diretor jurídico da CTD, sabe que transposição e ascensão funcional são inconstitucionais. Ele lembra do estudo feito pelo Dr. João da Sercomtel, na gestão do Fernandinho Kiref e das consultas ao MP e TC.

Alho
Alho
Reply to  Cebola
4 meses atrás

Cebola, vc citou a Súmula Vinculante n. 43, de 2015, que diz:

“É inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie ao servidor investir-se, sem prévia aprovação em concurso público destinado ao seu provimento, em cargo que não integra a carreira na qual anteriormente investido.”

Essa súmula é de 2015, e tem a mesma conclusão do estudo conduzido pelo Dr. João em 2010…

Explicando em miúdos…

Se o cara fez concurso pra operador de call center, ele não pode ascender á carreira de analista de sistemas, pra ser analista de sistemas, tem que fazer o concurso para tal cargo.

Nas prefeituras do interior, era muito comum, quando o cabra fazia concurso pra Auxiliar de Serviços Gerais, daí o cabra fazia Contabilidade, e era nomeado contador da prefeitura. Isso, evidentemente não pode, se o cabra quer ser contador do Munícipio, tem que fazer o corresponde concurso para o cargo pretendido.

No Banco do Brasil eles chamavam de “concurso interno”… que hoje é ILEGALLLLLLLLL

Alô MP. Ficar de olho nas eventuais transposições e ascensões funcionais irregulares.

Abraços Cebola, nos vemos na ARATEL.

Pimenta
Pimenta
Reply to  Alho
4 meses atrás

Cara se você sabe de alguma coisa ou desconfia de algo irregular, não é muito melhor fazer a denúncia no MP invés de vir aqui e ficar insinuando situações???

Verdade
Verdade
4 meses atrás

Quanta notícia ruim para Londrina. Se juntar aos demitidos e a serem demitidos de uma grande empresa privatizada, mais estes agora, que serão muito mais que 83 funcionários (200) , teremos mais de 500 país de família desempregados. Vão demitir assessores, gerentes e diretores também? Acho que não, empresa pública só demite chao-de-fabrica pois sobra mais grana para cargos comissionados.

Traz o Janene
Traz o Janene
4 meses atrás

Nilson é um grande diretor político de Alex Canziani. Já Luciano Kuhl é um grande coveiro de empresas.

Verdade
Verdade
4 meses atrás

Junto com a Ro né?

Marqzini
Marqzini
4 meses atrás

Atenção sr. Paçoca!!! Tente se informar, houve a demissão de empregados publicos concursados enquanto funcionarios sem concurso contratados antes da Telecom controlar a empresa continuam lá não foram demitidos. Demissões sem embasamento legal.

Débora
Débora
Reply to  Marqzini
4 meses atrás

E aquele monte de coordenadores.
Tem gente lá que coordena ele mesmo.
Vai manter esses também?

Debora
Debora
Reply to  Marqzini
4 meses atrás

E o pior. Nem o pagamento do mês eles depositaram.

JK Fernandes
JK Fernandes
4 meses atrás

O Nilson está mais perdido que filho na praia, está na conversa com a atual diretora de RH e a antiga, e uma advogada que só fala e não faz nada.

Luiz
Luiz
4 meses atrás

Chamem o Cristian Chindrler, o especialista em Gestão Pública, de transposição e provimento pessoal ele entende.

Rogério
Rogério
4 meses atrás

JK Fernandes pior, só não mexeram em três setores. Porquê?

Luiz Caldas
Luiz Caldas
4 meses atrás

E cada ação ganha, os advogados da empresa reembolsa uma grana gorda. E se perder?

Buscar

Apoie o Blog

Paçoca TV

Governo do Paraná: Coronel Malucelli pode entrar na disputa
Governo do Paraná: Coronel Malucelli pode entrar na disputa
19:29

Paçocast

Enquetes

Nenhuma enquete aqui no momento, mas fique atento! Em breve novas enquetes no Paçoca com Cebola!
Barra Lateral 01
Barra Lateral 02
Barra Lateral 03
Barra Lateral 04