Nota Oficial do PSDB: Chega de enrolação e incompetência.

O país não tem tempo a perder. É hora de o governo agir para enfrentar de verdade a pandemia, dar melhores condições aos milhões de desempregados e trabalhar para reativar a economia. O PSDB reafirma seus princípios, dos quais nunca se distanciou em mais de 30 anos de história. Com nossa trajetória de defesa da democracia, o partido se colocará sempre como obstáculo para qualquer arroubo autoritário, seja deste ou de qualquer governo.

Com nossa história de promoção do desenvolvimento e do bem-estar social dos brasileiros, manifestamos nossa frustração com o andamento moroso, para dizer o mínimo, da agenda de reformas econômicas prometida pelo presidente Jair Bolsonaro em campanha.

Chega de enrolação e incompetência!

Como partido que, com o Plano Real, derrotou a hiperinflação, o PSDB sempre defenderá o equilíbrio das contas públicas, cujo descontrole sempre onera os mais vulneráveis, por meio de desemprego e alta de preços. Mas, também como pioneiro dos programas de transferência de renda implantados no país, o PSDB considera que são imprescindíveis e urgentes ações para atenuar os efeitos da pandemia sobre imensa parcela da população brasileira, cada vez mais condenada a condições de pobreza e miséria.

O Brasil já tem mais de 225 mil mortes pela pandemia da covid-19. O desprezo inicial do governo pela saúde, por soluções efetivas, como a busca da vacina, e o apreço por falsas soluções já custou e custará milhares de vidas. Basta.

Perdido em labirintos ideológicos e arroubos irresponsáveis, o atual governo deixa claro que não se preocupa com as pessoas. O presidente da República mostra-se mais interessado em agradar tão-somente sua base de apoio radical, antidemocrática e extremista do que atender ao conjunto da sociedade brasileira.

O governo federal, de fato, recebeu uma herança de ruínas do PT, mas tem sido pouco efetivo em superá-la. Passados dois anos de gestão, não dá mais para empurrar os problemas com a barriga, deixando tudo para “a semana que vem”, como gosta o ministro Paulo Guedes.

O PSDB, seja por meio de sua direção, de suas bancadas no Congresso Nacional ou nos governos e legislativos estaduais e municipais, estará vigilante, para cobrar e também para apontar caminhos e alternativas.

O rumo que o país vem adentrando é nefasto e coloca em risco décadas de conquistas civilizatórias, sociais e econômicas. O que o Brasil precisa é de trabalho sério, algo que o presidente da República jamais demonstrou, e de caminho diferente, com mais prosperidade, mais união, menos divisões e um novo sentimento de nação.

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

  1. Jogar Pedra é Fácil né...

    Esqueceu de citar ai Problemas do Aécio Neves, Beto Richa…. a incompetência dos tucaninhos em Londrina… enfim….

  2. Sergio

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Décio Paulino

    Cantilena do partido dos honestíssimos Beto Richa, Aécio Neves, Alckmin, José Serra, Paulo Preto… Conversa fiada sobre uma tal herança maldita do PT. Vamos só a um número. Reservas cambiais deixadas pelo tucano FHC para o presidente Lula: 17 bilhões de dólares. Reservas cambiais deixadas pela Dilma ao Temer (o PSDB fez parte do governo golpista do Temer): 380 bilhões de dólares. Reservas cambiais que podem garantir a compra de vacina contra o coronavírus no mercado internacional para todos os brasileiros e ainda vai sobrar muito dinheiro…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios