Novo ministro da Saúde se diz “inimpressionável”

Deputado Marcelo Castro, PMDB do Piaui

Da Agência Folha

Indicado pelo PMDB para o ministério da Saúde, o deputado piauiense Marcelo Castro promete não ceder a pressões da bancada para promover uma distribuição política das verbas do setor. “Eu não me curvo a pressões. Serei um ministro inimpressionável”, disse àFolha.

O neologismo, que não está no dicionário, lembra o termo “imexível”, cunhado pelo ex-ministro Antônio Rogério Magri (Trabalho) no início do governo Fernando Collor. Para demonstrar independência, o novo titular da Saúde citou sua atuação como relator da reforma política. Ele se recusou a apoiar o distritão, sistema eleitoral defendido pela cúpula do PMDB, e foi destituído do cargo pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O deputado não quis antecipar planos para o ministério, mas disse que o PMDB continuará na base do governo e que a chance de abertura de um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff se tornou “remotíssima”. (leia mais)

Deixe uma resposta