O caos da Previdência: como ele não viu?

A pergunta que se faz: como o ex ministro da Previdência por duas vezes (uma no governo militar e outra após a redemocratização) – Reinhold Stephanes (de Arena a PSD, passando por DEM e PMDB), que dirigiu a previdência pública e privada durante anos não viu a sua falência anunciada por falta de dinheiro? Foi presidente do falecido INPS e depois INAMPS e até escreveu (?) textos sobre o tema.

Como é que ele vê a decadência da previdência no país, que dirigiu como executivo e depois parlamentar, e nada fez para mudar o rumo gerencial e evitar a falta de caixa? Hoje o vemos na mesa dos trabalhos da Comissão da Reforma da Previdência, ao lado do presidente e relator eleitos, como se fosse a primeira vez que ouvisse a conversa. E consultando os doadores de suas campanha encontramos grupos privados de saúde e previdência como Bradesco Vida e Previdência, Crusam Cruzeiro do Sul Serviços Assistência Médica, Braga e Vera Saúde, Sim Serviço Ibirapuera de Medicina, Aviccena Assistência Médica, Oncologistas Associados, Golden Cross, Green Cred, Amesp Saúde, – http://migre.me/w1Gqh e seu neto exercia a direção do grupo Cad’Oro de hospitais no Rio de Janeiro. Vai saber.

FONTE 

http://www.hlucas.com.br/blog/2017/03/05/avanco-de-sinal/

2 thoughts on “O caos da Previdência: como ele não viu?

  • 21/03/2017, 11:20 em 11:20
    Permalink

    Não viu porque não existe. Os dois maiores problemas na previdência estão na sonegação e nos privilégios, estes especialmente no setor público. E estes problemas não estão sendo enfrentados na proposta de reforma previdenciária do governo Temer/PSDB. Alguém ouviu falar que o Temer vai aumentar a contribuição dos militares que recolhem apenas 7,5% de previdência? E olhe que os militares representam quase metade do deficit previdenciário anunciado pelo governo. Mas existem os políticos privilegiados, os juízes e outros membros do judiciário privilegiados… E quem quiser se aposentar pela previdência privada, daqui a alguns anos, terá grandes dissabores porque não verão a cor do dinheirinho pago para esses planos que hoje financiam políticos.

    Resposta
  • 21/03/2017, 21:24 em 21:24
    Permalink

    Também ele é aposentado da prefeitura municipal com 42 anos e com alto salário.
    Como servidor público que é (deputado federal) tem que se submeter as leis de transparência. Mostra o salário.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: